Boeing busca aprovação de 'combustível verde' para aeronaves

Por Redação | 12.02.2014 às 16:39

A empresa aeronáutica Boeing revelou que passará a investir mais em aeronaves movidas a combustível ecológico ou renovável. A nova diretriz da empresa visa a diminuição de emissões de carbono sem aumentar custos, bem como a aprovação das agências reguladoras globais em relação ao uso de "combustível verde".

Os combustíveis verdes são sintetizados a partir de óleos e gorduras como óleo de cozinha ou provenientes de detritos animais em um processo que utiliza hidrogênio para quebrar moléculas grandes em menores. Esses combustíveis, também conhecidos como díesel renovável, podem ser utilizados em qualquer motor a díesel e diferem do biodíesel que é produzido a partir de óleo vegetal e álcool.

A aprovação do uso desses combustíveis afetaria diretamente as emissões de carbono pelas aeronaves sem aumentar os custos, pois o preço por galão ficaria em torno do mesmo valor atual – em torno de US$3/galão.

A Boeing está pleiteando a aprovação do novo combustível junto à FAA (Federal Aviation Administration), fabricantes de motores e produtores de diesel verde.