BlackBerry recebe pedido do Pentágono e tem alta de 10% nas ações

Por Redação | 22 de Janeiro de 2014 às 13h45

Ao que tudo indica, a BlackBerry tem uma sobrevida impressionante. Em um momento há razões para acreditar que a empresa será vendida e em outro, ela apresenta alguma novidade que pode melhorar suas vendas. Agora, a companhia vive o momento do segundo tipo.

Isso porque a BlackBerry recebeu um pedido do Pentágono (EUA) de 80 mil aparelhos, que deverão ser instalados na rede da base até o final de janeiro. A notícia fez com que as ações da empresa subissem em 10% por volta das 12h de ontem (21).

Segundo a Fox News, a compra faz parte do "novo programa de celular para trabalho não classificado", que tem como objetivo atualizar os modelos utilizados pelos funcionários da base militar, além de facilitar o acesso móvel a documentos não classificados.

Porém, o que merece ser destacado aqui é que a fé do Pentágono na empresa dá o tipo de credibilidade que ela precisa para conquistar clientes, principalmente em tempos de espionagem.

Os ganhos da BlackBerry nesta terça-feira empurraram suas ações para a marca de US$ 10 por ação, o que representa um aumento de 34% em relação a 2013, ano no qual a companhia terminou com suas ações em US$ 7,44.

Além da BlackBerry, Apple e Google também receberam pedidos para o novo programa, no entanto, juntas, somam apenas 2% dos novos aparelhos que serão implantados, isto é, 1.800 celulares.

Instagram do Canaltech

Acompanhe nossos bastidores e fique por dentro das novidades que estão por vir no CT.