Bill Gates se emociona em discurso sobre busca de novo CEO para a Microsoft

Por Redação | 20.11.2013 às 09:40
photo_camera Divulgação

A Microsoft passa por um momento delicado após Steve Ballmer anunciar, abruptamente, que se aposentará em breve. CEO da Microsoft há 13 anos, Ballmer foi o 30º funcionário da empresa e faz parte do quadro de funcionários há 33 anos. O anúncio, que pegou muita gente de surpresa, foi o tiro de largada para uma corrida intensa e frenética da Microsoft em busca de um substituto para o cargo. Com informações do The Verge.

A delicadeza do momento foi traduzida pela voz embargada de Bill Gates durante discurso na reunião anual com os acionistas da Microsoft realizada nesta terça-feira (19). Nela, o co-fundador da companhia falou sobre a importância e desafios que a busca por um novo CEO para a empresa traz. De acordo com ele, a empresa está entrevistando tanto pessoas de dentro da própria Microsoft, quanto pessoas de fora para assumir o cargo: "é um cargo difícil de preencher. Nós só tivemos 2 CEOs em 38 anos de história".

Gates ainda aproveitou o discurso para agradecer o trabalho desempenhado por Ballmer nos últimos anos. "Quero agradecê-lo pela liderança nos últimos 13 anos. É um privilégio enorme poder liderar uma equipe tão talentosa como a que temos aqui na Microsoft", disse.

Visivelmente emocionado e com a voz embargada, Gates se esforçou para segurar as lágrimas enquanto continuou a discursar sobre a importância do novo CEO da companhia. "Temos que nos comprometer e garantir que o próximo CEO seja a pessoa certa para esse momento da companhia que nós [ele e Ballmer] amamos. Compartilhamos da ideia que a Microsoft será bem sucedida como uma companhia capaz de fazer do mundo um lugar melhor".

A escolha do novo CEO da Microsoft será feita por uma comissão integrada por Ballmer e deverá ocorrer nos próximos meses. Entre os candidatos que figuram na lista, destacam-se os nomes de Tony Bates (vice-presidente executivo da empresa), Stephen Elop (CEO da Nokia), Alan Mulally (CEO e presidente da Ford), Satya Nadella (chefe de clouding da Microsoft) e um quinto nome ainda não divulgado.