Barca flutuante do Google será um estúdio de exposições para até mil visitantes

Por Redação | 11 de Novembro de 2013 às 11h00
photo_camera Divulgação

O mistério do Google sobre barcas ancoradas na baía de São Francisco, Califórnia, já foi esclarecido pela própria empresa, que disse se tratar de "um espaço interativo onde as pessoas poderão aprender sobre uma nova tecnologia". O problema é que ainda não se sabe muito bem qual o verdadeiro propósito dessa gigantesca instalação flutuante.

Segundo documentos da By and Large LLC, companhia associada ao Google, o tal espaço interativo é, na verdade, uma espécie de "estúdio" reservado para exposições temporárias de tecnologia. A estrutura terá 15 metros de altura, 76 metros de comprimento e terá em sua composição contêineres reciclados cobertos por velas (usadas nos barcos a vela). O design final lembra as barbatanas de um peixe.

Barca do Google

De acordo com o CNET, os responsáveis pela arquitetura do projeto dizem que o objetivo da embarcação é conduzir os usuários a uma "visita a beira-mar", possibilitando que os visitantes interajam de forma única. "Imaginamos este espaço pensando na comunidade como um todo. Um local surpreendente, acessível a todos e que inspira conversas sobre como tudo está ligado – aves marinhas, eu, você, o mar, o nevoeiro e muito mais", descreve a LLC no relatório.

A barca deve receber até 1.000 visitantes por dia e circular durante um mês por vários pontos nos arredores de São Francisco. Um porta-voz do Google disse que as obras ainda estão no começo e que muita coisa pode mudar até a construção ser finalizada, o que só deve acontecer em 2014.

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.