Bar em Seattle já proíbe o uso do Google Glass antes mesmo dele ser lançado

Por Redação | 11.03.2013 às 17:38
photo_camera Digitais do Marketing

Apesar de ainda não estar disponível para venda aberta a todos os consumidores, o novo gadget do Google já está dando o que falar. Um bar em Seattle, Estados Unidos, resolveu proibir desde já seus clientes de utilizarem o Google Glass dentro do estabelecimento.

Por meio de sua página no Facebook, o 'The 5 Point Cafe' anunciou que seria o primeiro estabelecimento da região a proibir o uso do acessório, e ainda disse que os infratores seriam "chutados" do local. Depois da repercussão da mensagem, mais dois anúncios foram feitos na página, um deles comparando os óculos a itens ultrapassados da moda, como a pochete e o fone de ouvido Bluetooth. Nesta segunda-feira (11) mais um post a respeito do assunto foi ao ar:

"Desculpem-me por outro post sobre os óculos do Google, mas eu tenho que explicar para algumas pessoas loucas sobre nossa proibição do Google Glass. Olhe para esta foto. Vamos lá, realmente? Estamos poupando-o de parecer como um completo idiota em público. Você vai ser grato, em poucos anos, quando seus filhos crescerem e não tiverem que ver fotos de você usando essa coisa ridícula. Mas se você usar essa coisa a sua chance de ter filhos vai diminuir. Eh, talvez isso seja bom para o controle da população..."

Google Glass

Dave Meinert, o proprietário do bar, reconhece que Seattle é uma cidade tecnológica e que as pessoas mais cedo ou mais tarde vão aparecer com seus óculos high tech. Ele explicou ao site MYNorthwest que seu bar recebe alguns adeptos da tecnologia, já que fica localizado perto dos escritórios da Amazon. "Tudo bem se você usá-los. Eu só não quero que ele seja usado aqui dentro", explica Dave.

Apesar do tom de brincadeira das postagens no Facebook, o empresário alega que sua principal razão para a proibição é a preservação da privacidade de seus clientes. Ele acredita que, por ser um lugar "notório", as pessoas têm o direito de ir lá e não serem reconhecidas.

"Parte disso é uma piada, para ser engraçado no Facebook e começar uma reação, mas parte dela é grave, porque nós não deixaremos que as pessoas filmem outras pessoas ou tirem fotos indesejadas de outras pessoas no bar, pois é uma espécie de lugar privado onde as pessoas vão", finaliza Dave.

O Google Glass ainda não está disponível para venda no mercado, mas acredita-se que ainda em 2013 ele deve aparecer nas prateleiras.

Proibido Google Glass