Baixas vendas do Nook fazem Microsoft desmanchar parceria com Barnes & Noble

Por Redação | 05 de Dezembro de 2014 às 11h13

A Microsoft e a rede de livrarias Barnes & Noble encerraram nesta semana uma parceria que vinha desde 2012, quando ambas se uniram para explorar o mercado de leitura digital.

Quando o negócio começou, o mercado de leitores digitais estava aquecido e a Microsoft investiu US$ 300 milhões no Nook, o e-reader da Barnes & Noble. Mesmo com o sucesso inicial, o aparelho não resistiu à competição do Kindle da Amazon e do iPad da Apple e logo viu seu número de vendas ruir.

A Microsoft até tentou dar um suporte maior ao Nook com a criação de uma aplicação de leitura capaz de integrar o dispositivo ao Windows 8. A investida, porém, acabou não vingando e a companhia de Bill Gates deixou o Nook de lado.

Como relata o Wall Street Journal, no último trimestre as vendas do Nook caíram 41% em relação ao ano passado. Com o declínio, a Microsoft decidiu vender o que ainda tinha de direitos sobre o produto (17,6% do total de cotas) para não perder ainda mais dinheiro. Com isso, recebeu de volta US$ 62 milhões e 2,7 milhões de ações da Barnes & Noble.

Agora, a Barnes & Noble segue estudando o que fazer com o Nook. Recentemente, a rede de livrarias anunciou um acordo com a Samsung para o lançamento de um aparelho batizado de Galaxy Tab 4 Nook, com Android.

Fonte: http://www.pcworld.com/article/2855024/microsoft-takes-a-bath-on-failed-nook-partnership.html#tk.rss_all

Inscreva-se em nosso canal do YouTube!

Análises, dicas, cobertura de eventos e muito mais. Todo dia tem vídeo novo para você.