Assista à primeira demonstração pública do Mac

Por Redação | 27 de Janeiro de 2014 às 17h59

Em janeiro de 1984, Steve Jobs fez duas apresentações do seu recém-criado Mac. A primeira, amplamente conhecida, aconteceu em na reunião anual dos acionistas da Apple. Na mesma semana, porém, ele esteve diante da Boston Computer Society para exibir a todos o seu novo computador.

Apesar do produto ser o mesmo, a plateia cheia de entusiastas da informática tornou tudo bem diferente. E, até agora, as imagens desse encontro entre Jobs e seu público direto não estavam disponíveis para o público. A versão online da revista Time veio para mudar isso e apresenta o evento na íntegra, com mais de uma hora e meia de duração.

Considerado por muitos como o evento de lançamento do Mac, a conferência na Boston Computer Society aconteceu de forma um pouco diferente das apresentações normais que aconteciam por lá. Qualquer pessoa poderia comparecer à palestra de Steve Jobs, por exemplo, ao contrário do padrão no qual apenas membros pagantes da BCS tinham acesso às apresentações.

PECHINCHAS, CUPONS, COISAS GRÁTIS? Participe do nosso GRUPO DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Além disso, muita gente considera a apresentação feita por Jobs como o embrião do que, mais tarde, se tornaria a marca registrada do criador da Apple. Mostrando-se extremamente confortável junto ao público, ele não apenas exibe sua nova máquina como participa de uma longa sessão de perguntas e respostas ao lado de outras personalidades da Maçã, como Steve Wozniak, Bill Atkinson e Rony Sebok, apenas para citar alguns dos presentes na ocasião.

Agora, as imagens até então guardadas na coleção particular de Jonathan Rotenberg, co-fundador da BCS e atual consultor de tecnologia, vêm a público como parte de um projeto de preservação histórica. Trata-se do Computer History Museum, uma iniciativa surgida no Vale do Silício que, como o nome já indica, tem como objetivo preservar e reviver a história dos diversos avanços tecnológicos surgidos por lá.

Outra curiosidade interessante revelada na extensa reportagem da Time é que, por muito pouco, a apresentação não foi cancelada. Os organizadores da apresentação original, para os acionistas, perceberam rapidamente que o local marcado – o Flint Center, localizado na Universidade De Anza – era pequeno demais para o público esperado.

O resultado foram mais de mil investidores do lado de fora, impossibilitados de assistirem ao evento ou votarem. Steve Jobs ficou preocupado com isso e cogitou não aparecer na apresentação seguinte, marcada com a BCS. A organização teve de correr para garantir um lugar maior, com suporte a apresentações em vídeo e cabines com o Mac para quem acabasse ficando de fora.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.