Assista à primeira demonstração pública do Mac

Por Redação | 27.01.2014 às 17:59

Em janeiro de 1984, Steve Jobs fez duas apresentações do seu recém-criado Mac. A primeira, amplamente conhecida, aconteceu em na reunião anual dos acionistas da Apple. Na mesma semana, porém, ele esteve diante da Boston Computer Society para exibir a todos o seu novo computador.

Apesar do produto ser o mesmo, a plateia cheia de entusiastas da informática tornou tudo bem diferente. E, até agora, as imagens desse encontro entre Jobs e seu público direto não estavam disponíveis para o público. A versão online da revista Time veio para mudar isso e apresenta o evento na íntegra, com mais de uma hora e meia de duração.

Considerado por muitos como o evento de lançamento do Mac, a conferência na Boston Computer Society aconteceu de forma um pouco diferente das apresentações normais que aconteciam por lá. Qualquer pessoa poderia comparecer à palestra de Steve Jobs, por exemplo, ao contrário do padrão no qual apenas membros pagantes da BCS tinham acesso às apresentações.

Além disso, muita gente considera a apresentação feita por Jobs como o embrião do que, mais tarde, se tornaria a marca registrada do criador da Apple. Mostrando-se extremamente confortável junto ao público, ele não apenas exibe sua nova máquina como participa de uma longa sessão de perguntas e respostas ao lado de outras personalidades da Maçã, como Steve Wozniak, Bill Atkinson e Rony Sebok, apenas para citar alguns dos presentes na ocasião.

Agora, as imagens até então guardadas na coleção particular de Jonathan Rotenberg, co-fundador da BCS e atual consultor de tecnologia, vêm a público como parte de um projeto de preservação histórica. Trata-se do Computer History Museum, uma iniciativa surgida no Vale do Silício que, como o nome já indica, tem como objetivo preservar e reviver a história dos diversos avanços tecnológicos surgidos por lá.

Outra curiosidade interessante revelada na extensa reportagem da Time é que, por muito pouco, a apresentação não foi cancelada. Os organizadores da apresentação original, para os acionistas, perceberam rapidamente que o local marcado – o Flint Center, localizado na Universidade De Anza – era pequeno demais para o público esperado.

O resultado foram mais de mil investidores do lado de fora, impossibilitados de assistirem ao evento ou votarem. Steve Jobs ficou preocupado com isso e cogitou não aparecer na apresentação seguinte, marcada com a BCS. A organização teve de correr para garantir um lugar maior, com suporte a apresentações em vídeo e cabines com o Mac para quem acabasse ficando de fora.