Apple testa tecnologias de recarga para seu novo projeto, o relógio iWatch

Por Redação | 03.02.2014 às 15:20 - atualizado em 03.02.2014 às 16:50

De acordo com um relatório do jornal The New York Times, a Apple vem explorando uma variedade de diferentes métodos de recarga de bateria para seu próximo projeto de relógio inteligente, batizado de iWatch.

Dentre os testes realizados, houve tentativas de carregamento por indução, energia solar e recarga por movimento. No entanto, no topo da lista da Apple parece estar o carregamento por indução, que permitirá que os usuários possam recarregar seus dispositivos sem a necessidade de fios.

Para seu futuro relógio de pulso inteligente, a Apple vem testando um método de carregar a bateria sem fio por indução magnética, afirmou uma pessoa informada sobre o produto. Uma tecnologia semelhante já é utilizada em alguns smartphones da Nokia, uma vez que um telefone é colocado em uma placa de carga e uma corrente elétrica cria um campo magnético ao seu redor que, por sua vez, cria a tensão necessária para alimentar o aparelho.

Nos testes realizados foram incluídas outras opções de carregamento, tais como o solar e à base de movimento, embora pareça que essas ideias ainda poderão demorar vários anos para se tornarem efetivas na prática. O relatório do New York Times também reitera a informação do jornal desde o ano passado, que afirma que o iWatch contará com um visor de vidro curvo e um design bem inovador.

iWatch

O relatório aponta também que, ao passo que a tecnologia de baterias vem melhorando de forma relativamente lenta, a Apple tem se concentrado em melhorar a eficiência da energia de vários componentes em seus dispositivos, como visto com a mais recente geração do MacBook Air.

O criador do iPod e co-fundador da Nest Tony Fadell também é citado como uma confirmação de que a Apple tinha explorado o carregamento por energia solar para iPhone e iPod por muitos anos. Porém, a tecnologia se mostrou inviável pelo fato dos usuários guardarem os dispositivos nos bolsos e em outros lugares escuros por longos períodos de tempo.

Para o iWatch, a Apple vem trabalhando em projetos de baterias novas e flexíveis, procurando novas tecnologias de recarga eficiente. No entanto, a vida da bateria tem sido um contínuo ponto de atrito, uma vez que a empresa visa à criação de um poderoso relógio inteligente capaz de durar vários dias entre uma recarga e outra.