Apple revela oficialmente novos iPhones: 5S, de ponta, e 5C, mais barato

Por Redação | 10.09.2013 às 15:35 - atualizado em 12.09.2013 às 12:50

Os dois maiores rumores para o evento da Apple em Cupertino nesta terça-feira (10) se confirmaram: a marca apresentou o novo iPhone 5C, de baixo custo, e o novo upgrade para o seu smartphone de ponta, o iPhone 5S.

O iPhone 5C

Após meses de especulações, o iPhone 5C foi apresentado e parece idêntico aos recentes vazamentos de imagens, com traseira plástica em policarbonato (a mesma do Galaxy S3 e S4) e cinco cores diferentes: verde, branco, azul, vermelho e amarelo.

De acordo com a empresa, o dispositivo é construído em uma única peça e não terá linhas ou juntas no design. Pela primeira vez, a Apple também investirá em capinhas para o iPhone 5C, por US$ 29 cada, que darão mais opções de cores para o dispositivo. Na parte de dentro, há uma moldura única em metal que funcionará como a antena do dispositivo.

Internamente o iPhone 5C é muito parecido com o antigo iPhone 5. O display Retina terá 4 polegadas e o processador será o A6. A câmera traseira terá 8 megapixels, mas a frontal será um pouco superior para o FaceTime HD. O iPhone 5C também está habilitado para funcionar em redes 4G (LTE).

O preço: US$ 99 pelo modelo de 16 GB e US$ 199 pela versão de 32 GB, no contrato de dois anos com operadoras nos EUA. A Apple começará as pré-vendas do iPhone 5C em 13 de setembro, e ele estará disponível nos EUA, Austrália, Canadá, China, França, Alemanha, Japão, Cingapura e Reino Unido a partir de 20 de setembro. Ainda não há informações sobre o Brasil.

O iPhone 5C também oficialmente substituirá o iPhone 5 no mercado - que deve ser descontinuado. A ideia é bem simples: com basicamente o mesmo hardware do antecessor, o iPhone 5C será uma opção mais barata a ocupar a posição do iPhone 5. O iPhone 4 também será descontinuado, mas o iPhone 4S, com quase dois anos de idade, continua no mercado e agora passa a ser gratuito.

O iPhone 5S

Também foi anunciado o novo upgrade para o iPhone 5, o iPhone 5S, que carrega o novo iOS 7. O design é praticamente o mesmo, mas agora o dispositivo virá em três cores diferentes: prateado, dourado e o novo "space gray", acinzentado.

A principal nova função do dispositivo é o Touch ID, com sensores biométricos de digital integrados que podem desbloquear o smartphone. De acordo com a Apple, o scanner de digital permite que o desbloqueio seja muito mais rápido e evita que pessoas não autorizadas acessem o iPhone 5S. Você também poderá utilizá-lo para fazer compras no iTunes. Sua digital será salva no celular e nunca terá um back up na nuvem, disse a Apple.

A câmera também foi melhorada com um novo sensor f/2.2, que é 15% maior do que o anterior do iPhone 5, apesar de carregar os mesmos 8 megapixels. Isso significa uma maior entrada de luz. O software da câmera também foi otimizado e faz ajustes automáticos de exposição, tom e autofoco para tirar a melhor foto possível.

A câmera também poderá fazer imagens em HD (720p) a 120 frames por segundo, permitindo vídeos em slow-motion. Também é possível tirar fotos em panorama de 28 megapixels.

Por dentro, o iPhone 5S virá com o novo processador A7 da Apple, o primeiro smartphone com um chip de 64-bit embutido, o que deve trazer uma performance 40 vezes maior e gráficos 56 vezes melhores, e suporte para OpenGL ES 3.0, com diversos apps otimizados - durante a apresentação foi mostrado o novo e incrível Infinity Blade 3. O novo iOS 7, que acompanha o dispositivo, chegará gratuitamente a partir de 18 de setembro. A bateria também foi muito melhorada e aguenta até 250 horas no stand-by ou 10 horas de conversa no 3G.

O 5S também possui o novo "co-processador de movimento" M7, que continuamente mede dados do acelerômetro, giroscópio e bússola do dispositivo para fornecer informações para uma "nova geração de apps de saúde e fitness".

O iPhone 5S será vendido nos modelos de 16, 32 e 64 GB por US$ 199, US$ 299 e US$ 399, respectivamente, a partir de 20 de setembro. Ainda não há informações sobre o Brasil.