Apple investe US$ 16 bilhões na recompra de ações... dela mesma!

Por Redação | 26.07.2013 às 15:00

A Apple havia anunciado anteriormente seus planos para a recompra de 10 milhões de ações durante o terceiro trimestre fiscal deste ano, no entanto, o processo de recompra foi acelerado no período e a empresa readquiriu 36 milhões de papéis, como destaca reportagem do Tech Fortune. A medida fez com que muitos analistas brincassem que "a Apple comprou a Apple".

No processo de recompra, a Maçã gastou cerca de US$ 16 bilhões (R$ 36 bilhões), com US$ 12 bilhões (R$ 27 bilhões) do montante vindos do programa de recompra de ações acelerado da companhia, e com os outros US$ 4 bilhões (R$ 9 bilhões) provenientes do mercado aberto. Em média, o valor pago por ação foi de US$ 444,44 (cerca de R$ 1 mil) e ainda sobraram 908 mil ações da Apple no mercado que devem ser readquiridas ainda no quarto trimestre, segundo o relatório 10Q enviado à Securities and Exchange Commission.

Para ter uma ideia do montante gasto pela companhia, a Apple poderia ter comprado com a mesma quantia a BlackBerry ou a Nokia – e não apenas uma vez, mas três vezes. Acredita-se que a decisão da empresa para acelerar seu programa de recompra de ações está diretamente ligada às expectativas positivas para o futuro, com o aumento do valor das ações.

Leia também: Apple anuncia lucro de US$ 6,9 bilhões e queda nas vendas de iPads e Macs