Apple pode ler mensagens enviadas por iGadgets, afirmam pesquisadores

Por Redação | 21 de Outubro de 2013 às 13h45

Você tem certeza que as suas iMessages estão seguras? Um grupo de pesquisadores reunidos no evento Hack in the Box, em Kuala Lumpur, afirma que não. De acordo com os testes realizados por eles, fica evidente que funcionários da Apple podem interceptar mensagens enviadas pelos iGadgets.

As mensagens dos usuários são criptografadas, detalhe que deveria garantir a segurança desses dados. No entanto, a Apple usa um sistema de chave pública para proteger a troca desse conteúdo. Assim, para cada dispositivo da marca cria-se uma chave privada e uma pública. Quando a sua mensagem é enviada, a empresa pede a chave pública do aparelho de quem irá recebê-la e, então, a mensagem é decodificada por uma chave privada após o recebimento. E é nesse processo que a interceptação pode acontecer.

Esse sistema, de acordo com Cyril Cattiaux, desenvolvedor ativo na comunidade jailbreak, categoriza a alegação da Maçã - de que o iMessage é protegido por criptografia inquebrável - como uma "mentira".

De qualquer forma, existir a possibilidade de interceptar a mensagem não significa que estejam interceptando, não é mesmo? Porém, de acordo com o site MacMagazine, o problema todo está na questão da Apple possuir a chave pública e não divulgá-la a seus usuários. Isso impossibilita o emissor de saber se a mensagem foi realmente enviada a quem deveria ser.

A Maçã se pronunciou sobre o tema, afirmando que o iMessage não é arquitetado de maneira a permitir que a Apple leia as mensagens. No final das contas, dá para ver que o sistema é seguro, mas nem tanto, não é verdade?

Siga o Canaltech no Twitter!

Não perca nenhuma novidade do mundo da tecnologia.