Apple perde título de empresa mais valiosa do mundo para a Exxon Mobbil

Por Redação | 28.01.2013 às 11:39

A Apple perdeu na última semana o título de empresa mais valiosa do mundo para a petrolífera Exxon Mobbil, com suas ações tendo fechado o pregão de sexta-feira (25) em US$ 439,88 (R$ 892) - uma desvalorização de 2,36% e redução no seu valor de mercado para US$ 413 bilhões (R$ 838 bilhões).

Em contrapartida, a Exxon fechou o pregão com suas ações sendo negociadas a US$ 91,73 (R$ 186), bem abaixo do valor das ações da Maçã, mas seu valor de mercado fechou em US$ 418 bilhões (R$ 848 bilhões) - fazendo com que a petrolífera tirasse o posto da Apple de empresa mais valiosa do mundo. Especialistas acreditam que a redução de valor da Apple indica que a confiança na companhia tem diminuído com o passar dos anos e que suas ações caíram 37% desde setembro de 2012, quando registrou seu último recorde chegando quase na casa dos US$ 800 (R$ 1.623).

"Você tem uma empresa que tinha altas expectativas para o futuro e você tem a Exxon, que continua a crescer de forma lenta e constante", afirmou à Bloomberg Jason Cooper, da 1st Source Investiment Advisors. "As pessoas estão chegando à conclusão de que a Apple está perdendo um pouco do seu brilho".

A queda no desempenho da Apple é reflexo dos resultados abaixo do esperado do primeiro trimestre fiscal de 2013, encerrado em dezembro, divulgados na última quinta-feira (24). A empresa distribuiu no perído 47,8 milhões de iPhones no mundo todo - número recorde, mas ainda assim abaixo do esperado pelos analistas, que era de 50 milhões de unidades. Muitos analistas reduziram suas previsões para o próximo trimestre após a divulgação dos resultados da Apple.