Apple gastará US$ 850 mi para construir uma gigantesca fazenda de energia solar

Por Redação | 11 de Fevereiro de 2015 às 12h04
TUDO SOBRE

Apple

Tim Cook, CEO da Apple, anunciou nesta semana que a empresa está construindo uma fazenda solar gigantesca perto de Monterey, ao sul de São Francisco. As instalações cobrirão cerca de 1.300 hectares e o valor estimado da construção é de US$ 850 milhões. Segundo informações do Business Insider, a fazenda será capaz de fornecer energia para cerca de 60 mil casas e a expectativa é que ela seja concluída no final de 2016.

Segundo o CEO, toda a energia gerada pela fazenda solar será mais do que suficiente para abastecer o novo campus da Apple em Cupertino e que o objetivo da empresa é economizar o dinheiro gasto em energia em longo prazo. "Fazemos isso porque é o certo, mas também é financeiramente interessante", afirmou o líder da Apple. A nova sede da Apple será local de trabalho para mais de 14 mil funcionários da empresa a partir de 2016.

Tim Cook acredita que a Apple também tem a função de ajudar a sociedade, como objetivo principal. "Estamos entusiasmados para continuar em um curso para fazer as coisas que fazem o mundo melhor", disse ele aos investidores numa conferência da Goldman Sachs realizada na noite desta terça-feira (11). "Nós da Apple sabemos que a mudança climática é real e o tempo para mudar é agora".

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

O projeto, que será realizado pela empresa First Solar, irá fornecer energia para atender às necessidades do novo campus e mais 53 lojas da Apple na Califórnia, além de escritórios e centros de dados em Newark. O excedente será vendido para a Pacific Gas & Electric, responsável por fornecer energia na região. O contrato entre as duas empresas irá durar 25 anos.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.