Apple fecha acordo com a China Mobile, maior operadora do mundo

Por Redação | 23.12.2013 às 14:18
photo_camera Divulgação

Depois de anos de negociações, a Apple finalmente fechou um acordo com a empresa de telecomunicações China Mobile, a maior operadora de telefonia móvel do mundo. Com isso, a Maçã está autorizada a comercializar seus smartphones no país asiático e até já anunciou a data de lançamento dos aparelhos iPhone 5S e iPhone 5C: será no próximo dia 17 de janeiro de 2014.

"A Apple tem um enorme respeito pela China Mobile, e estamos animados para começar a trabalhar em conjunto. A China é um mercado extremamente importante para a Apple, e nossa parceria nos dá a oportunidade de levar o iPhone para os clientes da maior operadora do mundo", declarou Tim Cook, CEO da Apple, em comunicado oficial. "Os usuários do iPhone na China estão crescendo rápido, e não há uma maneira melhor de dar boas-vindas ao Ano Novo Chinês do que entregar um iPhone nas mãos de cada cliente da China Mobile".

Não foram divulgados os termos e detalhes financeiros do acordo, mas agora a empresa de Cupertino terá a chance de se expandir no maior mercado de telefonia do planeta. Embora a Apple seja uma das organizações que mais vendem smartphones no mundo, na China só contava com 6% de mercado graças à expansão de outras companhias, como a Samsung.

"O iPhone da Apple é muito amado por milhões de clientes em todo o mundo. Estamos muito satisfeitos que o iPhone vendido pela China Mobile terá suporte para nossas redes 3G e 4G LTE, permitindo que os clientes tenham acesso a um serviço móvel de alta velocidade", afirmou Xi Guohua, presidente da operadora chinesa.

Com mais de 760 milhões de clientes, a China Mobile possui 1,2 milhão de estações baseadas nas redes 2G, 3G e 4G LTE, além de 4,2 milhões de pontos de acesso Wi-Fi espalhados por 16 cidades do país, incluindo Pequim, Xangai, Guangzhou e Shenzhen. Até o final de 2014, a empresa planeja concluir a implantação de mais 500 mil estações para o 4G, garantindo cobertura de alta velocidade para mais de 340 metrópoles.

A expectativa é que a Apple se torne a número um do mercado chinês assim que os novos iPhones chegarem às lojas do país em janeiro, segundo dados da empresa Counterpoint Research. Recentemente, a mesma companhia divulgou que os iPhones 5 e 5S se tornaram os celulares mais vendidos em outubro, ultrapassando as vendas do Galaxy S4, da Samsung.