Apple está em negociação para buscar novo subsídio para o iPhone no Brasil

Por Redação | 11 de Julho de 2014 às 12h14
photo_camera Divulgação

Você já está juntando as moedinhas à espera do iPhone 6? Talvez precise juntar um pouquinho menos este ano – pelo menos é esta a intenção da Apple Brasil. Na maioria dos países onde chega um novo modelo de iPhone, ele apenas substitui o anterior, mantendo o mesmo preço.

Já no Brasil não é bem assim. O iPhone 4, lançado em 2010, custava R$ 1.799 na época do lançamento por aqui. Quando o 4S chegou, já custava R$ 2.599. No ano seguinte, o 5 chegou custando o mesmo valor, mas com o lançamento do 5S o aparelho passou a custar R$ 2.799. Um desembolso bem expressivo.

A Apple, já informada da situação, como afirmou o ex-diretor financeiro e mesmo o CEO da empresa que tentavam explicar o porquê dos preços elevados por aqui, planeja uma nova medida na tentativa de amenizar um pouco os valores dos iPhones em terras brasileiras.

Segundo a Mac Magazine, a Apple Brasil está conversando com duas operadoras brasileiras para que haja um novo tipo de subsídio para o iPhone. A ideia já acontece de forma semelhante aqui com outros aparelhos e seria estabelecer um plano, atrelado a um contrato de fidelidade. O objetivo da Apple é que qualquer valor a partir do mínimo estipulado já resulte em um desconto no iPhone. Por exemplo, se a operadora estipular quatro valores, sendo o mínimo para o subsídio de R$ 100, qualquer plano a partir deste valor resultaria no mesmo desconto para o aparelho.

Neste caso os clientes não ficariam reféns de planos mais caros ou mesmo dos pontos acumulados pelo programa de fidelidade da operadora. Nos Estados Unidos a Apple oferece um plano deste tipo, com iPhones a R$ 500 e fidelidade de dois anos. É evidente que, se vier a funcionar, o plano brasileiro será bem mais discreto.

A ideia é também que o cliente não precise passar pelo telecom da operadora para participar do plano. O objetivo é conectar os sistemas da Apple e das operadoras, para que seja possível adquirir o aparelho já acoplado ao plano, diretamente na Apple Retail Store ou na Apple Online Store. Ao comprar o aparelho, o cliente já receberia o iPhone com o chip e plano ativados.

A TIM já possui uma parceria com a Apple para que funcionários da Apple Retail Store possam consultar informações de planos durante atendimentos. No entanto, isso não gera nenhum desconto, sendo uma interação básica. Como ainda está em fase de negociação, não se sabe quando o serviço estará disponível por aqui.

Fonte: http://macmagazine.com.br/2014/07/10/apple-estaria-conversando-com-operadoras-sobre-um-novo-modelo-de-subsidio-para-iphones-no-brasil/?utm_source=website&utm_campaign=wordtwit&utm_medium=web

Siga o Canaltech no Twitter!

Não perca nenhuma novidade do mundo da tecnologia.