Apple envia foto pornográfica a desenvolvedor que teve app rejeitado

Por Redação | 27 de Outubro de 2014 às 17h55
photo_camera Divulgação

Todos que têm um iPhone ou um iPad, certamente, frequentam a App Store. A loja de aplicativos da Apple, que praticamente iniciou esse conceito, é a mais conhecida no mundo e recebe, diariamente, inúmeras atualizações e solicitações para a hospedagem de novos apps.

É de se esperar que qualquer desenvolvedor de aplicativos para iOS saiba como as políticas da App Store são mais rígidas que as de outros sistemas operacionais. A Apple não permite, de forma alguma, aplicativos que possam ser usados para alcançar conteúdo considerado impróprio pela empresa.

No meio dessa questão, a empresa da maçã, recentemente, respondeu a um desenvolvedor que seu aplicativo não poderia ser publicado, pois poderia ser usado para encontrar conteúdo pornográfico. Nada mais normal, apesar da forma como foi dada a resposta: enviando fotos de um homem se masturbando.

Segundo um post de Carl Smith, desenvolvedor do app, a melhor forma que a Apple achou de dizer para ele que o aplicativo podia ser usado para encontrar pornografia foi fazer exatamente isso: usar o próprio aplicativo para acessar conteúdo pornográfico.

A intenção da Apple foi óbvia e Smith diz que compreende a atitude da empresa, mas que ela poderia ter achado uma melhor forma de respondê-lo e abordar o problema. Segundo ele, a Apple simplesmente respondeu à solicitação enviando pornografia sem censura sem ao menos avisar e, sendo assim, expôs os trabalhadores da equipe de desenvolvimento do aplicativo a coisas que a própria Apple julga serem inaceitáveis.

A princípio, esse tipo de comportamento nunca tinha sido divulgado ou visto nas condutas da empresa. O motivo? Ninguém sabe. Certamente a política da App Store já fez com que inúmeros desenvolvedores tivessem suas solicitações negadas, mas, até agora, nunca dessa forma.

E agora? Será que a Apple teve uma sacada inteligente e prática ou acabou fazendo uma brincadeira de mau gosto com Smith?

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.