Apple é novamente investigada por más condições de trabalho na China

Por Redação | 19.12.2014 às 12:27
photo_camera Divulgação

A emissora britânica BBC realizou uma investigação sobre as condições de trabalho existentes nas fábricas que produzem iPhones na China. Ela comprovou que há condições precárias de trabalho, apesar de alegações contrárias da Apple.

A BBC enviou um repórter para trabalhar disfarçado em uma das fábricas que a Apple destinada à produção de seus smartphones. A reportagem revela que os trabalhadores são forçados a trabalharem sem interrupções, sem nenhum dia de folga por longos períodos. O repórter afirmou que muitos funcionários eram obrigados a trabalhar 18 dias seguidos, sem qualquer dia para poderem descansar.

Esta não é a primeira vez que a Apple é investigada por péssimas condições de trabalho em fábricas chinesas. Um relatório em 2012, revelou que casos de suicídio, tumultos e outras questões graves nas fábricas da Foxconn, na China, onde os produtos da Apple são produzidos.

Após grande pressão da mídia, a Apple começou a fazer relatórios de auditoria dos fornecedores e disponibilizá-los online para que todos possam acompanhar. Com isso a Apple mantém o controle de horas de trabalho, disponibiliza educação sobre os direitos dos trabalhadores, além de outras informações importantes. Apesar deste esforço da empresa, ainda é possível ver que os funcionários dos fornecedores da empresa ainda estão em péssimas condições de trabalho.

Muitas das fábricas chinesas são conhecidas mundialmente por condições de trabalho críticas. Para cortarem custos ou atenderem a uma demanda extremamente elevada, elas obrigam seus funcionários a trabalharem sem descanso e sem condições adequadas.

É muito provável que a Apple tenha interesse no inquérito da BBC sobre as condições de trabalho. Caso seja comprovado o estado deplorável de serviço dos funcionários, a empresa deverá fazer pressão para melhorias nas fábricas. No entanto, é preocupante que ela ainda não tenha conseguido coibir tais acontecimentos.

Mas isso não quer dizer que a Apple tenha principal culpa pelas condições ruins de trabalho. A empresa não dita as normas no país, apenas mantém um contrato com uma empresa estrangeira para produção de seus aparelhos. Em última análise, cabe às autoridades chinesas tomarem uma atitude para melhorar as condições de trabalho presentes nas fábricas da China.

Abaixo você pode conferir a reportagem realizada pela BBC:

Fonte: http://thenextweb.com/insider/2014/12/19/bbc-investigation-unveils-poor-working-conditions-apple-factories/