Apple diz que está 'investigando ativamente' o roubo de fotos das celebridades

Por Redação | 02 de Setembro de 2014 às 10h06

A Apple pronunciou-se sobre o caso do vazamento de fotos íntimas de celebridades, como Jennifer Lawrence e Kirsten Dunst nesta segunda-feira (01) e disse que está "investigando ativamente" a violação de suas contas do iCloud, serviço no qual estavam armazenadas as fotos que foram divulgadas na internet. As informações são do Re/code.

"Nós levamos a privacidade dos usuários muito a sério e estamos investigando ativamente este caso", declarou a porta-voz da Apple, Natalie Kerris.

De acordo com informações, algumas das fotos que foram roubadas das contas do iCloud de várias celebridades são falsas, mas a maioria trata-se de fotos verídicas. Essas imagens, verdadeiras ou não, foram enviadas para a comunidade de compartilhamento de imagens 4Chan e a partir daí se espalhou por toda a web, aparecendo em sites como Reddit, Twitter e outras importantes redes.

Para os especialistas em segurança da FireEye, o roubo das fotos no iCloud poderia ter sido evitado se as vítimas tivessem habilitado a autenticação de duas fases em suas contas, ainda mais visto que o ataque parece ter sido bastante simples.

A Apple ainda não disse nada definitivo sobre o caso, incluindo como esses ataques foram realizados. Especialistas como Darien Kindlund, diretor de pesquisa de ameaças da FireEye, acreditam que a Apple falhou em não disponibilizar mais informações e de maneira mais fácil para que as pessoas possam conhecer o método de verificação em duas etapas. "Em geral, a Apple tem sido tardia em oferecer esse tipo de proteção e não anunciá-lo", afirmou. "Você tem que buscar por meio dos artigos de suporte para encontrá-lo".

Quando ativado, o sistema de proteção em duas etapas requer que os usuários insiram um código numérico que é enviado para o smartphone ou outro dispositivo, além, claro, da senha convencional. Como este número muda constantemente, torna-se muito mais difícil para os hackers conseguirem acesso à conta, mesmo que consigam descobrir a senha.

Segundo informações do The Next Web, o ataque pode estar ligado ao software chamado iBrute que é capaz de realizar ataques de força bruta contra contas do iCloud. A partir deste programa, um hacker pode simplesmente adivinhar a senha após várias tentativas de descoberta através do método conhecido por força bruta.

Ainda que o iBrute seja um dos principais responsáveis pelo roubo das fotos das celebridades, as imagens também podem ter sido roubadas por fontes ainda desconhecidas, como ataques de phishing, que acontecem aos montes na internet.

Essa não é a primeira vez que esse tipo de caso ocorre entre as celebridades. Em 2005, a socialite Paris Hilton foi alvo de um ataque de hackers em que suas imagens e mensagens de texto foram roubadas de uma conta de armazenamento em nuvem.

Fonte: http://recode.net/2014/09/01/apple-says-it-is-actively-investigating-celeb-photo-hack/

Inscreva-se em nosso canal do YouTube!

Análises, dicas, cobertura de eventos e muito mais. Todo dia tem vídeo novo para você.