Apple deve apostar em segurança no iPhone 5S com leitor biométrico

Por Redação | 10 de Setembro de 2013 às 13h29

A Apple anunciará hoje o tão aguardado iPhone 5S e nós (achamos que) sabemos muitas das novidades que ele deve apresentar, incluindo um leitor biométrico capaz de ler sua impressão digital.

O Wall Street Journal publicou um texto confirmando e reafirmando que o leitor biométrico estará no iPhone 5S e que, além disso, esse deve ser apresentado como um dos principais diferenciais do novo smartphone da Apple.

Esse tipo de tecnologia não é algo exatamente novo. O leitor de impressão digital é até bem comum em laptops, mas mesmo em smartphones ele já foi usado pelo antigo

LG eXpo

, lançado em 2009 com Windows Mobile e também no Motorola Atrix 4G, em 2011.

Então por que agora a Apple decidiu implementá-lo no iPhone e ainda pretende divulgá-lo como um grande diferencial?

A ideia da Apple provavelmente é conquistar uma fatia do mercado corporativo com o novo iPhone. Com a BlackBerry em baixa, há um pequeno espaço em branco nas corporações que esperam por soluções mobile seguras, para proteger seus dados, e é aí que a Apple quer entrar.

leitor biométrico

Foto: Reprodução (Nowhereelse)

Os antigos leitores usados nos dispositivos citado acima eram precários, temperamentais e nem sempre funcionavam bem. Se a Apple conseguir fazer essa tecnologia funcionar como deveria, ela pode aumentar consideravelmente a segurança do smartphone, sem perder a praticidade de uso. E com os recentes escândalos de espionagem pelo mundo todo, qualquer função que venha para aumentar a segurança é bem-vinda.

O WSJ também nota que o leitor de impressões digitais pode ser uma boa ferramenta não apenas para desbloquear a tela inicial o iPhone, mas também como uma nova camada de segurança para outros serviços, como para acessar sua conta Apple ou Google, ou ainda acessar seu banco e fazer pagamentos com seu cartão de crédito.

Por fim, a publicação comenta que o "S" do iPhone 5S talvez venha da palavra "security" (segurança) e não de "speed" (velocidade). O leitor biométrico não estará presente no iPhone 5C ("C" de "colors") sendo algo exclusivo do modelo mais caro.

Se esse tipo de recurso se popularizar e outras fabricantes começarem a adotá-lo em massa, ele pode trazer muitos benefícios para a segurança dos dados mobile.

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.