Atualizado: Apple deve anunciar compra da Beats Electronics na próxima semana

Por Redação | 09 de Maio de 2014 às 11h49
photo_camera Divulgação

Se rumores recentes estiverem certos, o foco da Apple para 2014 está no iPhone 6 e no comentado relógio inteligente iWatch. Mas a companhia pode surpreender muita gente na semana que vem, pelo menos de acordo com o jornal Financial Times. Segundo a publicação, a empresa deve confirmar até o começo da próxima semana a compra da famosa marca de fabricantes de fones de ouvidos Beats Electronics.

O jornal afirma que as negociações já estão em estágio avançado e giram em torno de US$ 3,2 bilhões, o que faria desta a maior aquisição da história da Maçã. Além dos equipamentos de áudio (fones e alto-falantes) da Beats, a gigante de Cupertino também seria a nova dona do serviço de streaming da fabricante Beats Music, lançado neste ano. Em setembro de 2013, a Beats Electronics recebeu um investimento de US$ 500 milhões o Carlyle Group, que avaliou a empresa em US$ 1 bilhão.

Fontes familiarizadas com o assunto dizem que executivos das duas companhias – incluindo o CEO da Maçã, Tim Cook, e Eddy Cue, vice-presidente sênior de serviços e Software da empresa – se encontraram diversas vezes no ano passado para acertar o negócio. Vale lembrar que a Apple já vende produtos da Beats em suas lojas. Isso sem contar que, desde o mês passado, a Beats oferece aos consumidores a oportunidade de assinar o Beats Music por meio de um sistema in-app disponível na App Store.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Sites como Re/code e The Wall Street Journal também dizem que as negociações devem ser concluídas na semana que vem. Já o New York Post afirma que Iovine vai se juntar à equipe executiva da Maçã como um "conselheiro especial sobre questões criativas".

Beats Electronics

Luke Wood, presidente da Beats Electronics (à esquerda), e os cofundadores Jimmy Iovine (ao centro) e Dr. Dre (à direita). (Foto: Kevin Mazur)

Ainda é um mistério o verdadeiro motivo dessa suposta aquisição da Beats pela Apple. O 9to5Mac acredita que a fabricante, fundada em 2008 pelo produtor musical Jimmy Iovine e pelo cantor de hip-hop Dr. Dre, poderia ajudar na concepção de melhores fones de ouvidos, dispositivos portáteis e tecnologias de áudio. Esta seria uma forma da Apple aumentar a participação do iTunes no mercado da música, principalmente no que diz respeito ao streaming, e diminuir a concorrência entre outras plataformas, como Spotify e Pandora, que ameaçam o domínio do iTunes nos 100 países onde o software é líder.

Algo curioso nessa história é a estratégia adotada por Cook, bem menos discreta que na época de Steve Jobs. Como informa o jornal The New York Times, só nos últimos 18 meses, a Apple adquiriu 24 empresas. "Estamos ampliando os produtos e serviços da Apple em novas categorias, e não vamos reduzir nossos investimentos", afirmou o executivo no último relatório de ganhos da companhia.

Procuradas pela imprensa internacional, nem a Apple, nem a Beats comentaram o assunto. Novas informações devem ser divulgadas oficialmente na próxima semana.

Atualização

Um vídeo em clima festivo parece ter confirmado a compra da Beats pela Apple. Em cenas publicadas no Facebook na noite desta quinta-feira (08), e retiradas do ar pouco depois, o ator Tyreese Gibson aparece ao lado de Dr. Dre afirmando estar diante do primeiro bilionário do mundo do hip-hop. Nas imagens, que podem ser vistas acima, os astros aparecem usando fones da Beats Electronics.

O clipe está rechado de linguagem explítica e faz uma série de insinuações à negociação com a Maçã. Apesar de não citar a aquisição em si, Gibson afirma que a revista americana Forbes terá que modificar rapidamente sua lista de bilionários, já que esse clube tem um mais novo membro.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.