Apple desmente acusações sobre capacidade de armazenamento de seus aparelhos

Por Redação | 31.03.2015 às 15:20

Na semana passada, a Apple rebateu as acusações de que estaria fazendo propaganda enganosa sobre a capacidade de armazenamento de seus aparelhos, incluindo os iPhones, iPads e iPods. A Maçã é acusada de omitir dos consumidores a quantidade de espaço que é consumida pelo iOS 8 nos dispositivos mais recentes da empesa. A notícia é do Apple Insider.

De acordo com o recurso acionado pela Apple em um tribunal da Califórnia (EUA), os autores da acusação não têm provas de fraude ou de que a empresa tenha manipulado informações para enganar os compradores dos aparelhos que rodam o iOS 8, como mostraria a tabela abaixo (em inglês).

Tabela armazenamento Apple

O processo contra a Apple foi iniciado em dezembro do ano passado e se arrasta desde então. Os promotores dizem que o novo sistema operacional excede o tamanho "logicamente aguardado" entre 600 MB e 1,3GB, levando em conta os sistemas prévios da Apple. O processo também acusa a empresa de reduzir a capacidade de armazenamento de seus aparelhos para forçar os usuários a assinarem pacotes de espaço na iCloud.

A Apple, por sua vez, rebate as acusações dizendo que não há provas que sustentem as expectativas de tamanho do iOS 8 e que, ainda por cima, o iCloud oferece 5 GB gratuitamente a qualquer um que comprar um dispositivo da Maçã - mais do que o suficiente para cobrir os (no máximo) 1,3GB "excedentes" do sistema operacional.

"Como todos os softwares já criados, o sistema iOS para aparelhos móveis – que é o que permite que o dispositivo funcione – se vale de parte dos recursos do aparelho, incluindo sua capacidade de armazenamento", disse a Apple.

A empresa pede ao tribunal que a sentença seja transitada em julgado, o que impediria novos processos ou recursos sobre o caso.