Apple contrata diretor da Dolby para fortalecer setores de áudio e telas

Por Redação | 03 de Abril de 2015 às 09h16
Tudo sobre

Apple

Mais uma contratação de alto nível foi revelada nesta semana pela Apple. Por meio de seu perfil na rede social LinkedIn, o antigo diretor de tecnologia da Dolby, Mike Rockwell, anunciou estar assumindo um cargo executivo no setor de hardware da empresa de Cupertino, ficando responsável por uma melhoria na qualidade e performance de alto-falantes e telas para os produtos da companhia.

A contratação, na verdade, aconteceu em fevereiro. Rockwell pediu demissão da Dolby no dia 31 de janeiro e já assumiu sua posição na Apple no mês seguinte, mas seu trabalho exato dentro da companhia ainda é desconhecido. Sua influência, porém, já deve ser sentida nas próximas gerações de iPhones, MacBooks e outros produtos da marca.

Pelo menos é o que mostra seu histórico na Dolby, onde ele esteve por trás de boa parte das tecnologias inéditas criadas pela companhia nos últimos anos. Seu grande foco sempre foi o mercado caseiro, segmento em que promoveu melhorias, principalmente, na fidelidade de áudio para home-theaters, televisores e equipamentos portáteis.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Além disso, ele foi um dos grandes nomes por trás da Dolby Vision, uma nova tecnologia de exibição de cores que amplia o brilho e o contraste das imagens, entregando o que a fabricante afirma ser a maior fidelidade possível em termos de vídeo. O sistema se aplica não apenas às telas, mas também aos sistemas de captação.

O movimento, na realidade, faz parte de uma iniciativa que vem acontecendo desde 2011, quando a Apple começou a contratar executivos de diversas companhias do setor para trabalhar em novas tecnologias. Em seus corredores, hoje, estão nomes de peso com passagens por empresas como a LucasFilm e THX, além de estúdios de cinema e fabricantes de equipamentos de áudio e vídeo.

O maior negócio desse tipo, porém, foi realizado no ano passado, quando a Apple adquiriu a Beats Electronics e trouxe para si gente como Dr. Dre e Jimmy Iovine. Além de tomar conta do negócio de fones de ouvido e equipamentos de áudio, a companhia prepara sua entrada no mundo dos streamings musicais e conta com a presença dos executivos do mercado fonográfico para fechar parcerias e se tornar competitiva em um mercado que se torna cada vez mais plural e cheio de opções de qualidade.

Fonte: 9to5Mac

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.