Apple comprou 24 empresas nos últimos 18 meses

Por Redação | 24 de Abril de 2014 às 13h10

Quando se fala em aquisições, é o Facebook quem concentra as atenções, tendo comprado grandes soluções como o WhatsApp e o Instagram bem recentemente. Mas a Apple não fica muito para trás, apesar de ter se mantido mais discreta. De acordo com as palavras do CEO Tim Cook, 24 companhias foram adquiridas pela Maçã ao longo dos últimos 18 meses.

A declaração veio em uma conference call com os acionistas, na qual o diretor da empresa garantiu que ela continua na vanguarda, de olho nas tecnologias e profissionais que estão fazendo diferença nesse mercado. E, claro, usando de compras de empresas para trazer tais aspectos para dentro da Apple, seja como uma forma de expandir criar novos usos para seus aparelhos ou simplesmente como maneira de expandir o portfólio de patentes.

Apesar desse número bastante alto, Cook lembrou os acionistas que a empresa continua bastante focada em seus produtos. E que é justamente esse ponto que a difere de concorrentes como Google ou Facebook, que se baseiam em software e, muitas vezes, acabam criando iniciativas que vão bem além de seu foco principal de atuação. As informações foram reproduzidas pelo site CNET.

O CEO da Apple também disse que não existe nenhum tipo de política interna que determine exatamente quanto a companhia pode gastar com aquisições. O valor das ofertas, segundo ele, sempre é feito de acordo com o que o possível alvo de aquisição realmente vale, de forma a não prejudicar nenhum dos dois lados em uma transação.

Para terminar, Cook afirmou que a corrida de compras de empresas de tecnologia pode ter transformado um pouco a visão das pessoas sobre esse mercado. Para a Apple, explica ele, o objetivo sempre é criar os melhores produtos, com todas as possíveis compras de companhias encaixando-se nesses ideais e também na cultura geral da companhia. Não se trata apenas de ver quem gastará mais com isso ou terá o maior número de companhias sob suas asas.

O diretor da Apple também garantiu que as aquisições devem continuar e que algumas estão em andamento agora mesmo. São negociações sobre as quais a Apple gostaria de se manter discreta, pelo menos até que essa discrição fique impossível de se manter.

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.