Apple Watch pode vender 19 milhões de unidades só neste ano

Por Redação | 09 de Março de 2015 às 11h45

Os relógios inteligentes já estão aí, com marcas como Samsung e Motorola já tendo seus produtos do tipo no mercado. Mas, nesta segunda-feira (09), todos os olhos do mundo se voltarão para a Apple no que, para muita gente, é o verdadeiro pontapé inicial desse segmento. Em evento, a empresa de Cupertino deve apresentar o Watch, um produto que, segundo analistas, deve vender mais de 19 milhões de unidades apenas neste ano.

A expectativa foi publicada pelo site SlashGear, que também traz as previsões combinadas de diversos analistas de mercado. Todos concordam que o Apple Watch será um sucesso estrondoso e muito maior do que seus rivais com mais tempo de mercado, efetivamente pavimentando o mercado de tecnologias vestíveis e, mais do que isso, guiando as tendências do setor como a fabricante já fez anteriormente em mercados como os de smartphones ou tablets.

E o grande destaque do primeiro ano do Apple Watch no mercado deve ser a temporada de final de ano. Como todo eletrônico, o produto deve reinar nas últimas semanas de 2015, com a Black Friday americana e o Natal correspondendo a mais de metade das vendas do produto. Segundo os analistas, 10 milhões de unidades devem ser comercializadas apenas no período, enquanto as nove milhões restantes se darão daqui até lá.

Como alerta a consultoria BMO Capital Markets, este número seria apenas 3,9% da base instalada do iPhone em todo o mundo. Ou seja, a Apple ainda tem diante de si um gigantesco espectro de clientes a serem conquistados e levados para o mundo das tecnologias vestíveis. Além disso, os analistas chamam a atenção para o calendário de lançamentos regionais do Watch, já que a antecipação pela chegada dele a outros países também deve ser um fator que vai alavancar as vendas ao redor do mundo.

Os números diferem aqui e ali, mas tem uma coisa com que todos os especialistas concordam: o Apple Watch não deve ser nada menos do que um sucesso. Mesmo com outros produtos do tipo já no mercado, a novidade da companhia de Cupertino deve chamar até mesmo a atenção daqueles que não são tão ligados assim no mercado de tecnologia, como a companhia já fez antes. E é justamente aí que está o grande diferencial que separa o novo produto dos outros e o principal responsável pelas vendas astronômicas que estão sendo previstas.

A expectativa da BMO Capital Markets é que os 19 milhões de Apple Watches vendidos em 2015 se transformem em 36,5 milhões até o final de 2016, mostrando cada vez mais domínio na medida em que os anos forem passando – e, claro, novas versões do aparelho forem sendo lançadas.

O pontapé inicial dessa revolução será dado ainda nesta segunda-feira (09), quando a Apple realiza um evento dedicado ao Watch. A partir das 15h, no horário de Brasília, vamos conhecer mais funcionalidades e o hardware do produto, além de, tudo indica, vermos também seu lançamento. Continue ligado no Canaltech para acompanhar tudo isso.

Canaltech no Facebook

Mais de 370K likes. Curta nossa página você!