Apple Watch pode começar a ser vendido ainda hoje nos EUA

Por Redação | 09.03.2015 às 11:21

Como você já deve estar sabendo, esta semana vai começar pegando fogo com mais revelações sobre o Apple Watch. Com anúncio marcado para às 15h, o relógio inteligente deve dar as caras nas lojas online ainda nesta segunda-feira (9), como indica o tradicional fato de que a Apple Store está fora do ar temporariamente para “atualizações”.

Quem acompanha de perto sabe que a tela rotativa com mensagens nos mais diversos idiomas é um procedimento comum quando a empresa está prestes a fazer grandes anúncios. Mas, mais do que isso, é uma indicação de que o produto pode começar a ser vendido ainda nesta segunda-feira (09), nem que seja em pré-venda.

Apple Store fora do ar

Trata-se de uma mudança que garante o funcionamento completo da loja quando o produto, no caso aqui, o Apple Watch, estiver disponível. Como lançamentos desse tipo normalmente envolvem grandes destaques, páginas especiais e levam um grande fluxo de usuários para o serviço, a empresa de Cupertino prefere tirar a loja do ar momentaneamente para ter certeza de que tudo está nos conformes na hora do grande lançamento.

No evento desta segunda, o próprio CEO da Maçã, Tim Cook, deve dar as caras no palco, além de engenheiros da Apple e desenvolvedores terceiros. O grande foco deve ser a exibição do que o Apple Watch é capaz de fazer – uma vez que a aparência e estilo dele já foram exibidos.

Além disso, claro, teremos revelações concretas sobre o hardware do produto e, o que muita gente quer saber, sobre a autonomia de sua bateria. Esse é um aspecto essencial para a experiência com qualquer tecnologia vestível e, conforme os rumores mais recentes, tem sido um ponto de dúvidas com relação ao Apple Watch. A grande interrogação aqui é quanto ao fato dos usuários estarem ou não dispostos a recarregarem seus relógios da mesma maneira que fazem com seus smartphones. A Maçã parece acreditar que sim e que as funcionalidades e inovações presentes nele mais do que justificam isso.

Apesar do relógio inteligente ser o centro das atenções, existe a expectativa de que uma nova edição do MacBook, agora com tela Retina, também possa dar as caras. Segundo o The Verge, é possível que ele não esteja disponível para compra ainda nesta segunda, mas já apareça nas próximas semanas.

Além da resolução da tela, outras grandes modificações devem acontecer no tamanho do display – com uma opção única de 12 polegadas, em vez de duas com 11 e 13 polegadas – além de novos processadores Broadwell, da Intel. Há quem diga, ainda, que a mudança de arquitetura e formato serviria como uma espécie de teste para uma nova geração de MacBooks, que chegaria ao mercado em 2016 e traria também mudanças significativas no design.

Então, fique ligado. O evento da Apple acontece às 15h, no horário de Brasília, e você poderá conferir a cobertura completa aqui pelo Canaltech.