Apple Watch: ministro chinês é uma das primeiras pessoas a ver relógio de perto

Por Redação | 09 de Dezembro de 2014 às 09h20

Antes mesmo da imprensa, dos desenvolvedores e de muitos aficionados, foi um ministro chinês quem teve a oportunidade de ver e experimentar o Apple Watch pela primeira vez. Durante uma visita à sede da Apple em Cupertino, na Califórnia, Lu Wei, responsável pela pasta de Administração do Ciberespaço, se encontrou com o CEO da Apple, Tim Cook, e conheceu de perto a novidade da empresa para o mundo das tecnologias vestíveis.

Como destaca o pessoal do Cult of Mac, o encontro mostra a aproximação cada vez maior da empresa americana com o mercado asiático, que cada vez mais se mostra como um setor fundamental para o sucesso de qualquer iniciativa mobile. Por isso mesmo, veio a iniciativa de dar ao membro do governo da China uma olhada em primeira mão em um dos novos aparelhos da Apple, para que ele saiba o que logo mais chegará ao seu território.

Lu Wei Apple

Além de conhecer o Apple Watch, Wei visitou os Estados Unidos para tratar medidas para desenvolver a indústria chinesa de telecomunicações e tecnologia da informação. Aqui, temos mais um ponto de sumo interesse para a Maçã, que tem parcerias com indústrias da região para a fabricação de iPhones, iPads e outros equipamentos. Por esse motivo, a companhia estaria interessada em ajudar no que for necessário para então se beneficiar com as melhorias nesse mercado e uma maior abertura para exportações, principalmente se isso envolver a redução de tarifas.

Lu Wei Facebook

Não ficou clara a data em que o ministro esteve nos Estados Unidos, mas, durante sua visita, ele também aproveitou para conhecer Jeff Bezos, os escritórios da Amazon, a sede do Facebook e conversar pessoalmente – em mandarim, inclusive – com Mark Zuckerberg.

Este último encontro, inclusive, foi bastante inusitado, já que a rede social não pode ser acessada na China e o próprio Wei, em entrevistas recentes, falou que ela não receberia a aprovação estatal tão cedo.

Siga o Canaltech no Twitter!

Não perca nenhuma novidade do mundo da tecnologia.