Apple Pay não vai armazenar dados de cartão de crédito

Por Redação | 07.10.2014 às 14:40

Em meio às recém-lançadas novidades da Apple está o Apple Pay, sistema de pagamento digital que vai começar a funcionar no fim deste mês – pelo menos são esses os planos da empresa. No entanto, diversos profissionais da área da segurança digital então um tanto quanto receosos em relação a esse novo produto, simplesmente porque ele lida com dinheiro e pode deixar os dados de muita gente desprotegidos.

Contudo, há algumas informações que estão sendo disseminadas pela internet e que apontam o Apple Pay como um dos sistemas móveis de pagamento mais seguros da atualidade. De acordo com o site TUAW, a solução criada pela Apple não armazena os dados de cartões de crédito propriamente ditos para efetuar as transações, nem mesmo de forma criptografada, fazendo com que a possibilidade de informações importantes serem roubadas por pessoas mal intencionadas dificilmente exista.

Acrescentando níveis de proteção

Tudo isso acontece porque a Maçã optou por trabalhar com o sistema conhecido como EMV Payment Tokenization Specification Technical Framework. Por conta dessa tecnologia, sempre que alguém cadastrar um cartão de crédito para ser utilizado pelo Apple Pay, essa informação é imediatamente criptografada, enviada e conferida com a instituição financeira para validação. Quando esse processo termina, o que é enviado para o aparelho e para os servidores da companhia é um tolken, utilizado sempre que a confirmação de identidade for constatada.

Por conta de tudo isso, pelo menos em teoria, o Apple Pay é um sistema bastante seguro e com diversas barreiras contra gente mal intencionada. Apesar disso, é claro que precisamos esperar um pouco para ver o funcionamento da novidade na prática.