Apple Pay já impacta positivamente nas receitas de lojistas nos EUA

Por Redação | 11.11.2014 às 11:45 - atualizado em 11.11.2014 às 16:03

A Apple entrou há pouco tempo na área dos pagamentos móveis e embora haja outros players no mercado que disponibilizem sistemas semelhantes, é o Pay que está fazendo a diferença para alguns lojistas nos Estados Unidos.

É o caso, por exemplo, da famosa empresa norte-americana de alimentos Whole Foods Market, cujo balanço financeiro apontou que 1% de todo o seu faturamento veio de transações feitas usando o sistema de pagamentos da Maçã. Pode parecer pouco, mas, segundo o Business Insider, em números absolutos isso representa mais de 150 mil transações feitas usando a ferramenta.

Vale lembrar que a Maçã atingiu esses números apenas 17 dias após o Apple Pay começar a ser usado. Em termos progressivos, isso representa muita coisa e a empresa pode se considerar extremamente bem colocada.

Esses números não são uma notícia boa apenas para a Apple e para a Whole Foods. Com a popularização dos pagamentos móveis, espera-se que cada vez mais empresas entrem no segmento, enquanto as que já ingressaram nele possam trabalhar em alternativas para todos os públicos e tornar esse sistema cada vez intuitivo, acessível e presente em nossas vidas.

Atualmente, o Apple Pay só está disponível para os donos de iPhones 6 e 6 Plus dos Estados Unidos, mas a expectativa é que em breve ele chegue a outros territórios e passe a ser usado também no Apple Watch.