Apple, Google, Intel e Adobe oferecem novo acordo para encerrar ação coletiva

Por Redação | 14.01.2015 às 12:48

Em meados de 2005, Adobe, Apple, Google e Intel fizeram um acordo para não contratarem funcionários entre si. Esta medida acarretou um processo coletivo movido por 64 mil engenheiros de software, que afirmaram no caso que os acordos criados pelas empresas são de caráter ilegal.

De acordo com informações do New York Times, em 2014, o problema poderia ter sido encerrado com o pagamento de US$ 324,5 milhões aos funcionários, porém a Justiça americana não aprovou a proposta.

Agora, as quatro empresas e seus respectivos advogados concordaram com o pagamento de um total de US$ 415 milhões para por um fim na ação coletiva. Basta saber se a Justiça dos Estados Unidos vai aprovar a decisão e arquivar o caso ou se ele será resolvido nos tribunais ainda neste ano.