"Eles não sabem no que estão se metendo", diz ex-CEO da GM sobre o Apple Car

Por Redação | 19 de Fevereiro de 2015 às 12h56
Tudo sobre

Apple

Depois dos rumores de que a Apple estaria desenvolvendo seu próprio carro elétrico, o ex-CEO da GM, Dan Ankerson, expressou sua preocupação com o plano, sugerindo que a empresa não deveria entrar nesse ramo.

Em entrevista à Bloomberg, o empresário disse que a Apple subestima a dificuldade de operar na produção de automóveis, que tem elevado grau de complexidade e demanda altos investimentos em segurança. "Pessoas que nunca trabalharam e não têm o conhecimento tendem a subestimar [a produção]", afirmou. "Eles devem pensar com cuidado se querem entrar na produção de produtos pesados", continua Ankerson.

Para Ankerson, o assunto deveria ser visto com preocupação pelos investidores da empresa e que ela deveria permanecer na produção de smartphones, que oferecem maior margem de lucro que os carros e exigem muito pouco investimento em segurança. Isso se comprova ao comparar os rendimentos das duas empresas. Enquanto a Apple conseguiu 18 bilhões de dólares em dezembro com margem de lucro de 39,9%, a GM obteve 2 bilhões de dólares com margem de lucro de 14%.

Assista Agora: Nunca mais contrate funcionários para sua empresa! Comece o ano em uma realidade completamente diferente!

Mas, apesar de pensar que a Apple não deveria entrar no mercado automotivo, Ankerson enxerga com bons olhos o serviço CarPlay, uma ferramenta que aprimora o uso dos smartphones da marca em automóveis e diz que teria gostado de ter uma parceria como a Apple durante sua gestão na GM.

Os rumores de que a Apple estaria produzindo um carro próprio surgiram pelo Wall Street Journal, que revelou o projeto secreto da empresa, que conta com centenas de funcionários trabalhando em sua sede, em Cupertino.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.