Apple Brasil demite até 175 consultores que trabalhavam em revendas autorizadas

Por Redação | 20 de Março de 2014 às 16h43

De acordo com o site MacMagazine, cerca de 175 funcionários da Apple no Brasil serão demitidos até esta sexta-feira (21). Os profissionais não trabalham diretamente em cargos dentro da companhia, mas sim como consultores que promovem e vendem os produtos da Maçã em lojas e revendedoras autorizadas como Fast Shop, Fnac, Saraiva, Walmart e Extra.

Fontes disseram ao site que as demissões não estavam programadas e que não há nenhum motivo aparente que explique a estratégia. A ordem teria partido da própria Apple e as corporações responsáveis pelos serviços já deram início às demissões que vão reduzir o quadro de funcionários para apenas 45 pessoas - anteriormente, o número total era de 220 funcionários que ajudavam usuários e clientes nesses estabelecimentos. Alguns consultores trabalhavam para a Apple há mais de cinco anos.

Tudo indica que as demissões estão relacionadas ao lançamento da primeira loja física da Apple no Brasil. Há informações de que, quando a empresa inaugura uma Retail Store em um país, muita coisa muda entre a companhia e as revendedoras autorizadas, ou seja, o clima entre as duas fica menos amigável.

Como informa o MacMagazine, as lojas e estabelecimentos terceirizados não estão autorizados a falar sobre o assunto, nem a Apple deu um parecer sobre o caso.

A primeira Apple Store brasileira, e também da América Latina, foi inaugurada em fevereiro no shopping Village Mall, na Barra da Tijuca, zona oeste da cidade do Rio de Janeiro. Cerca de 1.700 pessoas compareceram no dia de abertura da loja, que vende mais de 100 produtos oficiais da marca e, além de assistência técnica, ainda oferece cursos e workshops para mostrar como tirar melhor proveito dos equipamentos.

Dias antes da inauguração, Peter Oppenheimer, vice-presidente sênior e diretor financeiro da Apple, comentou que a Apple já tem definida a próxima cidade que receberá a próxima loja física da empresa, mas não revelou nenhum outro detalhe. "Estamos muito empolgados em trazer nossa primeira loja física ao Brasil, de modo que os brasileiros possam experimentar nossos produtos em suas mãos e desfrutar dos serviços que nossas Apple Stores oferecem, incluindo o Genius Bar, o suporte técnico, os workshops e os treinamentos pessoais que promovemos", comentou.

Inscreva-se em nosso canal do YouTube!

Análises, dicas, cobertura de eventos e muito mais. Todo dia tem vídeo novo para você.