Apesar do Windows 8.1, projeção de vendas para o mercado de PCs é baixa

Por Redação | 01 de Julho de 2013 às 11h30

O lançamento do Windows 8.1 pode ajudar a Microsoft em seus rendimentos, no entanto, a nova versão do sistema operacional não deve ajudar a alavancar as vendas de PCs. Depois da Citi Research rever sua previsão de vendas no início do mês passado com queda de 10%, a IDC ajudou a engrossar as previsões negativas para os próximos meses.

"Os resultados poderão mostrar deterioração ao invés de melhorias e o mercado provavelmente ficará aquém das projeções", afirmou em nota oficial Loren Loverde, analista da IDC, se referindo às vendas regionais de PCs no mês de maio deste ano. "Os resultados de maio estão muito longe de alcançar o ritmo projetado de taxa de crescimento".

Atualmente, a IDC prevê crescimento negativo de 7,8% para o ano de 2013 no mercado de computadores pessoais. A empresa de análises acredita, no entanto, que o mercado deverá apresentar uma melhora significativa no segundo semestre deste ano, mas ao mesmo tempo acredita que o setor deverá manter certa cautela ao longo dos próximos seis meses.

Projeção crescimento mercado PCs

Reprodução: IDC

Mesmo com previsões mais otimistas da IDC para o segundo semestre, os analistas da Citi Research continuam negativos. Eles acreditam que o número de unidades de PCs vendidas nos próximos meses não deve aumentar nem com a ajuda dos novos processadores Intel Haswell e nem com a chegada do Windows 8.1.

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.