Apesar de prejuízo no primeiro trimestre, HTC espera lucro no próximo período

Por Redação | 08 de Maio de 2014 às 10h07
photo_camera Divulgação

A fabricante taiuanesa de smartphones HTC amargou mais um resultado negativo, dessa vez referente ao primeiro trimestre fiscal de 2014.

De acordo com informações do Re/Code, a empresa acredita que nem tudo está perdido. Suas esperanças se apóiam na previsão de sucesso de vendas de seu novo smartphone topo de linha, o HTC One (M8), que tem recebido avaliações positivas, seguindo o sucesso técnico do antecessor, o HTC One (M7), lançado há um ano. Além do One, a empresa conta com boas vendas do HTC Desire 816, um smartphone mediano.

A companhia apresentou prejuízo equivalente a US$ 62,5 milhões, tendo faturado US$ 1,1 bilhão. Os resultados são tão parecidos com os apresentados com o mesmo período do ano passado que até parecem um Déjà Vu. À época a empresa apresentou “lucro” de US$ 2,8 milhões, com faturamento de US$ 1,4 bilhão.

Mas, segundo Chialin Chang, CFO da HTC, a expectativa é que, no semestre que se segue, a companhia fature o dobro e bata a marca de US$ 2,2 bilhões. Caso consiga, a empresa igualará os números obitdos no mesmo trimestre de 2013, quando faturou US$ 2,3 bilhões. Além disso, o executivo espera que o lucro seja de 21,3 a 22% maior, gerando entre 0,07 e 0,10 dólar por ação.

HTC One (M8)

A taiuanesa já foi dominante no mercado de dispositivos Android, mas tem visto sua participação cair drasticamente, chegando a míseros 2% no período, enfrentando concorrência fortíssima de rivais como Apple e Samsung.

Agora, a expectativa é que o novo HTC One salve a companhia. O primeiro modelo, lançado no ano passado, foi considerado por muitos críticos e especialistas o melhor smartphone Android de todos os tempos, tanto em termos de hardware como de design. As boas avaliações, no entanto, não se traduziram em vendas fortes o suficientes para dar lucro à empresa.

Canaltech no Facebook

Mais de 370K likes. Curta nossa página você!