Amdocs lança solução de pagamento móvel com foco em usuários não-bancarizados

Por Rafael Romer | 17 de Dezembro de 2014 às 17h58

A Amdocs lançou nesta terça-feira (17) uma nova plataforma para o desenvolvimento de soluções de mobile payment, a Amdocs' Mobile Financial Services, que permite a construção de aplicações para a realização de pagamentos, transações móveis e gerenciamento de finanças por meio de smartphones.

A plataforma é voltada para a inclusão de usuários não-bancarizados no sistema financeiro através de soluções móveis que se aproveitem de estruturas pré-existentes de redes de telecomunicações. De acordo com o Banco Mundial, cerca de 2,5 bilhões de pessoas vivem hoje fora do sistema financeiro. Ela é construída sobre a tecnologia da Utiba, empresa baseada em Singapura adquiria pela Amdocs em março deste ano, que desenvolve soluções de pagamento móvel desde 2004.

Dentro da plataforma (veja um mock-up nas imagens abaixo) é possível realizar compras de produtos através de uma carteira virtual, transferir quantias entre diferentes usuários do sistema, ou utilizá-lo para o pagamento de contas. Também há suporte para um sistema de fidelização de usuários através da troca de pontos por produtos. A ideia é que o sistema possa ser conectado à conta telefônica de um usuário para pagamentos e carga de valores.

A Amdocs já anunciou a primeira implementação da platafroma na Índia, onde a empresa fechou uma parceria com empresa local Triotech para o fornecimento da tecnologia para o State Bank of Índia (SBI) e a operadora de telefonia estatal Bharat Sanchar Nigam Limited (BSNL), pelos próximos cinco anos.

O projeto do governo indiano deverá levar serviços bancários móveis para 75 milhões de famílias de zonas rurais do país. A ideia é que o projeto permita acesso a serviços financeiros básicos como transferência de dinheiro, pagamento de contas e recarga do celular através da carteira virtual.

Com o lançamento global da solução, a plataforma também já está disponível no Brasil, mercado que a Amdocs vê como um potencial interessante para o serviço. Hoje, o país possui cerca de 55 milhões de pessoas não-bancarizadas.

"Por ser um mercado emergente, é naturalmente um país que exergamos com muita atenção para essa solução", afirmou Nelson Wang, vice-presidente da Amdocs para América Latina e Caribe, ao Canaltech. Apesar disso, ainda não foram divulgadas parcerias ou projetos fechados com a plataforma por aqui.

Amdocs Wallet

Amdocs Wallet

Amdocs Wallet
Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.