e-commerce: Amazon planeja enviar compras antes mesmo do consumidor pedir

Por Redação | 20 de Janeiro de 2014 às 07h35

A Amazon tem dados de pagamento de milhares de pessoas e pode, no futuro, usar isso para efetivar pedidos de produtos que ela acredita que o cliente tenha interesse antes mesmo dele clicar no botão Comprar. Esta semana ela registrou uma patente do chamado "envio antecipatório".

Entrega da Amazon

Esse sistema permite que a Amazon envie pedidos para regiões onde ela acredita que há interesse num produto. Com isso, ela espera fazer o tempo de entrega despencar e se colocar à frente dos seus concorrentes.

Mas como a Amazon pode saber o que você provavelmente tem interesse antes de clicar no carrinho? Ela vai se basear em buscas e compras anteriores, listas de desejos e até quanto tempo o cliente fica passando o cursor do mouse sobre um item.

Assim, ela será capaz de empacotar e enviar produtos de acordo com o que ela acredita que o cliente tem potencial de comprar, mas sem ele de fato clicar no botão para fechar o pedido.

Ela também tem planos de especular locais e enviar produtos em caminhões até eles, mesmo sem ter um endereço completo. Algo assim certamente pode resultar em pedidos de devolução, estornos e clientes se negando a receber o produto, mas a Amazon parece estar disposta a passar por isso.

Inicialmente, ela deve começar enviando presentes promocionais para os clientes, visando estabelecer uma boa reputação. O que ninguém sabe ainda é quando a Amazon planeja por em prática esta iniciativa, mas a patente certamente faz parte de um grupo de ações visando derrubar o tempo de espera da encomenda, como o caso das entregas por drones.

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.