Amazon obtém patente (absurda) para fotos de produtos em fundo infinito

Por Redação | 13.05.2014 às 15:47

O USPTO, escritório responsável pelo registro de patentes nos Estados Unidos, concedeu à Amazon uma propriedade que vem sendo considerada absurda pela imprensa internacional. De acordo com um documento aprovado no dia 18 de março, a empresa agora é detentora do método de criação de fotos de divulgação de produtos que utilizem um fundo branco infinito.

A patente, chamada pela empresa de “studio arrangement”, fixa a posição de equipamentos fotográficos e artigos para a produção de fotografias oficiais, sem a necessidade de manipulação posterior das imagens. A patente define a posição do artigo fotografado, bem como a angulação de luz e câmeras para a produção da foto necessária.

Amazon Studio Arrangement

Oficialmente, o registro da patente dá direito à Amazon de processar ou exigir royalties de fotógrafos que utilizem técnicas semelhantes. Mas a posse da “tecnologia”, se é que pode ser chamada assim, foi criticada devido ao fato de se tratar de um método comum na indústria, usado por fotógrafos de todo o mundo e que, de maneira alguma, foi inventado pela varejista americana.

Além disso, dificilmente a Amazon conseguiria fazer uma fiscalização efetiva da utilização das técnicas, não apenas por elas serem padronizadas no mercado, mas também por elas não serem detectáveis em uma imagem. Sendo assim, no caso de um processo judicial, como a empresa poderia provar que o fotógrafo acusado fez uso indevido do método registrado?

O site Engadget questiona os motivos por trás do pedido de registro feito pela Amazon e chega a cogitar que a empresa estaria fazendo uma piada com os métodos de patente utilizados atualmente pelo USPTO. O veículo também lembrou de outras documentações absurdas, como uma que dá propriedade a dois inventores sobre o sanduíche de pão de forma, mas sem cascas, com manteiga de amendoim.