Amazon gera mais receita com vendas online do que grandes varejistas juntas

Por Redação | 02.09.2013 às 13:19

Se somadas as vendas online de várias das principais redes varejistas dos EUA ao longo de 2012, o número ainda é inferior à receita alcançada pela Amazon. A informação vem de relatórios divulgados pela US Securities & Exchange Commission.

A Amazon teve receita de 61 bilhões de dólares em 2012. Se somarmos a receita de vendas online de empresas Wal-mart, BestBuy e Target, a Amazon ainda fica bem na frente. Ao contrário da Amazon, essas empresas ainda vendem muito mais em suas lojas físicas do que pela internet. A Target, por exemplo, tem apenas 2% de sua receita total de US$ 73 bilhões proveniente de vendas online.

Veja abaixo a lista das receitas de vendas online de algumas das principais varejistas norte-americanas, com seus percentuais em relação à receita total :

  • Staples: US$ 10,3 bilhões (42%)
  • Wal-Mart: US$ 7.7 bilhões (17%)
  • Sears: US$ 4.2 bilhões (10,5%)
  • Office Depot: US$ 4.1 bilhões (38%)
  • Best Buy: US$ 3.3 bilhões (6,4%)
  • Macy’s: US$ 3.2 bilhões (11%)
  • Target: US$ 1.5 bilhões (2%)

Em média, apenas 5,8% das receitas das grandes varejistas nos EUA vem do e-commerce, segundo o US Commerce Department. Isso não quer dizer, no entanto, que aquelas empresas que não tem conseguido sucesso no meio online estejam fadadas a fracassarem.

Mesmo nos EUA, ainda há poucas empresas online que conseguem um sucesso tão convincente quanto a Amazon. As principais varejistas ainda vendem muito mais em suas lojas do que a grande maioria dos e-commerces. É claro que as vendas online continuarão crescendo, mas elas ainda podem representar uma parte menor da receitas dessas empresas por muitos anos.