Confirmado: Amazon compra o Twitch por US$ 970 milhões

Por Redação | 25 de Agosto de 2014 às 17h38
photo_camera Divulgação
TUDO SOBRE

Amazon

Atualizado às 17h31 - Os rumores estavam certos: a Amazon saiu na frente e comprou o serviço de streaming Twitch por US$ 970 milhões, valor este que será pago em dinheiro. De acordo com o VentureBeat, as duas empresas confirmaram a negociação na tarde desta segunda-feira (25).

"Transmitir e assistir vídeos de gameplay é um fenômeno global, e o Twitch construiu uma plataforma que reúne dezenas de milhões de pessoas que assistem a milhares de milhões de minutos de jogos todos os meses – desde o The International [campeonato de Dota 2 organizado pela Valve] à quebra do recorde mundial de Mario, até conferências de jogos como a E3. E, surpreendentemente, o Twitch tem apenas três anos de vida", disse Jeff Bezos, CEO e fundador da Amazon. "Assim como o pessoal do Twitch, nós da Amazon gostamos de pensar diferente, e estamos ansiosos para aprender com eles e ajudá-los a crescer mais rapidamente, construindo novos serviços para a comunidade de jogadores".

Emmett Shear, CEO do Twitch, afirmou que fazer parte da Amazon irá permitir o desenvolvimento de novos projetos para todos os usuários do serviço, e que a escolha pela gigante do varejo americano foi porque a empresa compartilha os mesmos valores e visão em longo prazo. "Seremos capazes de criar ferramentas de um jeito mais rápido. Essa mudança significa grandes coisas para nossa comunidade, e irá levar o Twitch para um número maior de pessoas em todo o mundo", disse

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Em carta publicada no site do Twitch, Shear também disse que pouca coisa será alterada agora que a companhia faz parte da Amazon – ou seja, os funcionários, o escritório e a marca continuam os mesmos. Ele também agradeceu a todos os internautas que fazem uso do serviço. "Eu, pessoalmente, quero agradecer a você, a cada membro da comunidade Twitch, pelo que nos ajudou a criar. Obrigado por colocar sua fé em nós. Obrigado por ficar conosco tanto em tempos de dificuldades quanto crescimento", concluiu.

Notícia original:

Lembra de um rumor que dizia que o YouTube estaria comprando o Twitch? Começou em maio, com uma notícia da revista Variety, e se intensificou em julho, quando fontes disseram ao VentureBeat que as negociações já estavam em fases avançadas. Só que agora o cenário parece ter mudado de vez e, de acordo com novas informações, é a Amazon que irá adquirir o serviço de streaming.

Segundo o site The Information, a gigante do varejo norte-americano teria acertado a compra da startup para fazer um anúncio oficial em breve (provavelmente ainda hoje, dia 25). Representantes do Twitch e da Amazon não deram nenhuma declaração, mas o Wall Street Journal afirma que o acordo pode se igualar ou até superar o US$ 1 bilhão que o Google supostamente teria oferecido pela companhia. A Bloomberg e o Recode também confirmam que um anúncio oficial será feito nesta segunda-feira, e que a transação foi fechada por US$ 1,1 bilhão.

Lançado em 2011, o Twitch se tornou um dois principais canais de streaming de vídeo do mundo, principalmente de jogos de videogame. É a plataforma dominante quando o assunto são transmissões online de campeonatos de games, como League of Legends, Dota 2 e Hearthstone, e até se tornou uma ferramenta nativa nos consoles de nova geração da Sony e da Microsoft, o PlayStation 4 e o Xbox One, respectivamente. Atualmente, mais de um milhão de usuários únicos mensais transmitem conteúdo em vídeo pelo Twitch, que registra todos os meses 55 milhões de visualizações.

Embora o YouTube nunca tenha confirmado o interesse em adquirir o Twitch, faria todo o sentido o site de vídeos mais famoso do mundo comprar uma empresa com um objetivo semelhante. Na verdade, a aquisição faria o domínio do YouTube aumentar ainda mais em relação aos serviços de streaming de web – um campo que a plataforma de vídeos do Google conhece bem, mas que não é tão popular quanto o Twitch.

Para a Amazon, ainda é incerto o motivo desse suposto investimento. O The Verge destaca que a companhia pode expandir seus negócios do mundo dos games e futuramente implementar a ferramenta em seu set-top box, a Amazon Fire TV. Na época em que anunciou o dispositivo, a empresa se comprometeu a trazer grandes jogos para o aparelho através do Amazon Game Studios. Dessa forma, a inclusão do Twitch nesses serviços poderia alavancar a participação da companhia no mercado de games, especialmente na transmissão desses títulos.

Também não se sabe se o Twitch, caso seja de fato comprado pela Amazon, continuará sendo uma divisão independente, como aconteceu com a Oculus VR quando foi adquirida pelo Facebook, em março deste ano.

Novas informações devem ser divulgadas em breve.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.