Alibaba investe US$ 590 milhões na fabricante chinesa de smartphones Meizu

Por Redação | 09.02.2015 às 10:21

O gigante do comércio eletrônico, Alibaba Group, vai pagar US$ 590 milhões por uma participação minoritária na fabricante de smartphones chinesa Meizu. De acordo com informações divulgadas pela Reuters, a ideia é ajudar a expandir sua presença no mercado de tecnologias móveis.

Ao contrário da sua rival norte-americana Amazon, que optou por criar sua própria marca de smartphones, o Alibaba apostou na Meizu para tentar alavancar o seu sistema operacional. Para quem não sabe, o Alibaba possui o seu próprio sistema operacional, o YunOS, uma plataforma baseada em Linux que pode ser encontrada em aparelhos como o Meizu MX4 Pro.

Tendo em vista que os serviços do Google são amplamente proibidos na China, as empresas locais, como a própria varejista chinesa, criam suas próprias alternativas para esse setor de tecnologia.

É claro que a Meizu também espera benefícios que vão além do dinheiro, uma vez que o investimento lhe dará acesso ao canal de vendas de e-commerce do Alibaba, entre outros recursos. Além disso, o negócio também poderia reforçar a Meizu contra grandes rivais, como a Xiaomi e Lenovo.