Afinal, quem é o culpado pelo fracasso do Apple Maps?

Por Redação | 02 de Outubro de 2012 às 08h20

Afinal de contas, quem é o culpado pela decepção que se tornou o aplicativo Maps da Apple? Muitos dedos estão apontando para o vice-presidente de software do iOS, Scott Forstall.

Segundo informações do Business Insider, o executivo trabalha na empresa há quase duas décadas, e se juntou a ela quando a Apple adquiriu a NeXT, em 1997. Ele foi um dos arquitetos responsáveis pelo sistema operacional Mac OS X e liderou o desenvolvimento do software de iPhones e iPads em 2006.

Alguns usuários mais fervorosos estão tão indignados com os problemas dos mapas que estão pedindo a cabeça de Scott. Um leitor do Business Insider, por exemplo, escreveu a seguinte frase: "Não há desculpa [para o Apple Maps]. Sem rodeios, Scott Forstall deve ser demitido por causa dessa bagunça."

Scott apresentou o novo sistema de mapas da Apple para o mundo durante o último evento da empresa, há algumas semanas. Mas não mencionou nada a respeito de certas limitações do aplicativo. Pelo contrário, a apresentação foi impecável, com direito a mapas 2D e 3D, viadutos espetaculares etc.

No ano passado, ele também foi o responsável pela apresentação do Siri - outro constrangimento para a empresa. Mas pelo menos ele deixou claro que aquela era um versão beta, diferente do que fez no evento de lançamento do iOS6.

A repercussão negativa do novo Apple Maps foi tão grande que Tim Cook pediu desculpas publicamente na última sexta-feira aos usuários do serviço.

Scott Forstall
Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.