Ações da Intel caem 5% depois de anunciar seus planos para o mercado mobile

Por Redação | 22.11.2013 às 19:08

As ações da Intel caíram quase 5% nessa sexta-feira depois de a empresa anunciar em sua reunião com os investidores o seu desejo de criar uma maior presença na área mobile para elevar as suas receitas e margens de lucro.

Os investidores desejavam que a empresa traçasse um plano para obter uma maior margem de lucro nos chips de tablets e smartphones, que estão superando rapidamente as vendas de PCs tradicionais.

Na reunião de investidores, realizada na última quinta-feira (21), os executivos da empresa admitiram que subestimaram o impacto dos dispositivos mobile. Além disso, Brian Krzanich, CEO da Intel, apresentou planos para a fabricação de processadores para outras empresas e o desenvolvimento de microchips para tablets de baixo custo.

Mas alguns analistas alertam que o desenvolvimento de chips para tablets não terá uma margem de lucro muito grande, argumentando que a Intel ainda não domina a tecnologia utilizada pelos smartphones que rodam em padrões 4G LTE.

“Houve uma falta de inspiração e confiança na tecnologia móvel”, disse Alex Gauna, analista da JMP Securities, em entrevista à Reuters. “Trata-se de colocar algo diferente na 'mesa da mobilidade' que possa sustentar sua estrutura de margem de lucro bruta”.

De acordo com Alex, a Intel não conseguiu convencer seus acionistas de que a empresa vai voltar a crescer.

Na quinta-feira, a Intel projetou as suas receitas e margens de lucro para 2014. As previsões apontam que a empresa deverá ficar abaixo das projeções de mercado, com cerca de 2% de crescimento em vendas. Embora alguns analistas estejam atribuindo a baixa projeção ao novo CEO, outros viram 2014 como um ano incerto para a empresa devido à dificuldade de expandir suas margens de lucro, enquanto o mercado de PCs continua diminuindo.