Ações da Apple atingem maior alta de sua história

Por Redação | 01 de Setembro de 2014 às 13h53
TUDO SOBRE

Apple

A confirmação de que a Apple realmente tem algo a anunciar no dia 9 de setembro levou as ações da empresa, que já vinham sendo negociadas em alta, ao maior valor de sua história. Ao final do pregão desta sexta-feira (29), os papéis da companhia estavam sendo negociados a US$ 102,50, um aumento de 0,24% e maior preço já atingido pela empresa desde a abertura de seu capital na bolsa americana.

A euforia, claro, tem a ver com a iminente revelação do iPhone 6. A expectativa é que as cotas voltem a ser operadas nesta terça (02) ainda em alta, atingindo valores ainda maiores e continuando este movimento até a próxima semana, quando acontece o evento. A bolsa americana não funciona nesta segunda-feira (01), quando se comemora o Dia do Trabalho nos Estados Unidos.

A grande questão para os especialistas, porém, é o que vai acontecer após o anúncio do novo aparelho. Além do iPhone 6, que deve vir em duas versões com diferentes tamanhos de tela, a expectativa é que a Apple anuncie também o iWatch, sua entrada no mundo das tecnologias vestíveis e também um meio de pagamento próprio, que vai utilizar o banco de dados da Apple App Store para permitir que os usuários realizem transações pelo celular, utilizando o sistema NFC.

PECHINCHAS, CUPONS, COISAS GRÁTIS? Participe do nosso GRUPO DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

A manutenção da alta ou, então, uma venda em massa de ações no dia seguinte ao anúncio vai depender de como as novidades soarem para o mercado. Por um lado, temos a expectativa de inovações e novidades como normalmente acontece quando se fala em Apple. Por outro, a concorrência cada vez mais acirrada de competidores capazes de colocar modelos mais rapidamente no mercado pode acabar fazendo com que as novidades soem como notícia velha, levando a uma descrença. As informações são do Business Insider.

A palavra geral para depois do evento, então, é volatilidade. As dezenas de rumores dão uma bela ideia de como tudo vai caminhar no evento da próxima semana, mas é difícil prever de que forma o mercado de ações vai reagir a tudo isso. Pelo menos não falta muito para sabermos, já que a Apple deve anunciar sua lista de lançamentos para o futuro próximo na terça-feira que vem, dia 9. As novidades você confere aqui no Canaltech.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.