A expectativa para as novidades da Apple no WWDC

Por Redação | 30.05.2014 às 11:43

As palavras “rumores” e “Apple” caminham juntas há bastante tempo. Mas, alguns boatos mais recentes, pelo menos, já têm data marcada para serem confirmados (ou não). Na próxima segunda-feira, 2 de junho, a Apple realiza sua tradicional conferência WWDC. Focada em desenvolvedores, o evento também é palco de algumas revelações e novidades relacionadas ao futuro dos produtos e sistemas da empresa.

As apostas são da revista americana Wired e baseadas em rumores ou tendências de mercado, além de comentários de executivos e funcionários da Apple em entrevistas oficiais. Mas, desde já, dá para tirar qualquer esperança de novos hardwares do caminho, já que eles não são tradicionalmente apresentados pela Apple durante o WWDC. No máximo, dá para esperar uma versão atualizada do Mac Pro e nada mais do que isso, já que a Maçã costuma guardar suas revelações de novos hardwares mais para o final do ano.

Sendo assim, também não dá para esperar muita coisa sobre o iPhone 6 nem a confirmação dos boatos sobre novos tamanhos de tela, por exemplo. Apesar disso, espera-se que algo sobre o aguardado iOS 8, o novo sistema operacional móvel da empresa, seja divulgado. Especula-se que o download do sistemaserá liberado durante o evento.

Após a grande mudança visual da versão 7, a expectativa para a novidade é o foco em funções. Com suas novas estratégias voltadas para o mundo da música, a Apple deve separar o serviço iTunes Music do restante de sua loja online, chamando mais atenção para ele e, possivelmente, aumentando seu número de usuários. Além disso, o app de Mapas também deve receber melhorias, ganhando informações sobre trânsito e se tornando mais preciso para lidar com a concorrência.

Ainda falando em sistemas operacionais, o Mac OS X 10.10 também pode receber destaque e uma mudança completa de design, de forma a ficar mais parecido com seu irmão móvel. A ideia da Apple seria dar um visual mais harmonioso e integrado para todas as suas soluções, por mais que elas ainda não estejam efetivamente funcionando de maneira conjunta.

BEATS

Outro grande foco de atenção será a compra da Beats Electronics, assunto de rumores que perduraram por semanas e finalmente oficializada na nesta quarta-feira (28). É possível que, por exemplo, o CEO Tim Cook leve seus novos parceiros Dr. Dre e Jimmy Iovine ao palco para apresentar seus produtos e, até mesmo, confirme qual será a posição deles dentro da Apple daqui em diante.

Levando em conta que se trata da maior aquisição já realizada pela Maçã e também de uma mudança nesse tipo de situação para a empresa, é justo esperar que o negócio receba uma certa atenção. Além disso, seria a cereja no bolo de uma apresentação focada no segmento musical, que pavimentará o caminho para as mudanças futuras.

Um mundo conectado e mais saudável

Mas, voltando aos softwares, outro grande anúncio da empresa pode ser um sistema de automação caseira que utiliza a tecnologia iBeacon. É ela que deve potencializar não apenas a empreitada da Apple na Internet das Coisas, mas também os sistemas de pagamento que também podem dar as caras na WWDC.

Levando em conta o caráter vanguardista da Maçã, na mesma medida em que ela normalmente luta para se manter à frente de concorrentes que lançam produtos mais rapidamente, uma entrada nas residências conectadas parece ser bem propícia. E, ao utilizar uma tecnologia proprietária, a empresa mantém sua base de clientes consigo e tem facilitadas as integrações com sistemas como Siri e iCloud, por exemplo.

iPhone NFC

Há quem fale no uso da tecnologia NFC para meios de pagamento, pensando no mercado global. Não dá para descartar essa hipótese, mas, na mesma medida, a Apple também não vê o iBeacon como algo a se jogar fora. Sendo assim, é possível que vejamos até mesmo um sistema que una as duas coisas e garanta a estabelecimentos e usuários métodos mais cômodos de pagar contas com o celular.

Há também os tão falados, registrados e patenteados sistemas voltados para as áreas de saúde e fitness, outra grande tendência no mercado atual. Como dizem que a Apple está disposta a focar uma tecnologia vestível nesse tipo de segmento, nada impede que o próprio iOS 8 tenha funções relacionadas a esse fim, ou, então, ganhem funções separadas dedicadas a isso.

É o caso, por exemplo, do aplicativo Healthbook, que servirá como um sistema completo para coleta de dados como batimentos cardíacos, pressão, padrões de sono, quilômetros caminhados e tudo mais. O sistema seria integrado a outras funções do iOS, como o Passbook, de maneira a oferecer mais opções aos praticantes de exercícios e otimizar o uso do sistema operacional para esse fim.

Há, por exemplo, informações sobre fones de ouvido capazes de agirem como sensores e até mesmo mudanças na implementação de acelerômetros e giroscópios nos novos iPhones e iPods para medição de passos e distâncias. A WWDC pode apresentar as primeiras empreitadas da Apple nessa direção e pavimentar o caminho do que está por vir.

Falta pouco para ficarmos sabendo se tudo isso será confirmado. A conferência principal da WWDC acontece em 2 de junho, próxima segunda-feira, e a cobertura completa você confere aqui no Canaltech.