7 desafios para empreendedores de primeira viagem

Por Colaborador externo | 28 de Setembro de 2015 às 11h20

Por Cristiano Kanashiro*

Largar um emprego estável para criar um novo negócio é uma decisão corajosa, que exige reflexão e seriedade. Ser um empreendedor é um sonho profissional de muitas pessoas, mas para chegar ao sucesso vários desafios precisam ser superados. A partir de experiências próprias, reuni algumas dicas para orientar aqueles que estão criando agora o seu próprio negócio e enfrentam os primeiros obstáculos:

1. Saiba qual é seu investimento

Antes de decidir abrir um negócio, é importante saber o quanto você pretende investir com o empreendimento. Mais do que isso, é fundamental já ter essa reserva e não retirar investimento das próprias contas pessoais. Ou seja, só invista se sua renda permitir. Uma boa opção é iniciar os investimentos com pessoas do mercado que acreditam no seu projeto e serão seus futuros sócios.

2. Prepare-se para enfrentar o novo e aprender

Pelo menos no início, você vai se deparar com tarefas que não gosta ou não está acostumado a fazer. Isso vai desde recolher o lixo do banheiro até emitir nota fiscal, fazer cobranças e ser o CEO da empresa. Da mais simples à mais complexa, cada tarefa será uma excelente fonte de aprendizado. Mas é preciso ser flexível e paciente para cumprir bem as novas atribuições.

3. Cuidado com os conselhos

As pessoas possuem perfis e valores diferentes. Geralmente, os empreendedores são desbravadores e dispostos a correr riscos. Por outro lado, é natural que familiares e amigos se preocupem com sua estabilidade e segurança, o que pode gerar um conflito. Procure conversar com outros empreendedores que já passaram por essa fase inicial. Justamente por terem vivenciado essa experiência, eles poderão dar os melhores conselhos.

4. Errar faz parte do processo

Não se alcança o sucesso sem antes conhecer o fracasso. Todos nós vamos errar em algum momento, não há como fugir disso. No entanto, é preciso entender que o erro é uma peça fundamental para atingir o sucesso. Para isso, é preciso identificar e admitir a falha, tirar aprendizados com o erro e se fortalecer para enfrentar as próximas etapas.

5. Pessoas são a chave do negócio

Mais do que ideias, tecnologias, ferramentas e métodos, a base de todo negócio são as pessoas. Procure profissionais competentes e mantenha sua equipe sempre motivada. Esteja atento também para recrutar pessoas que agreguem e tenham conhecimentos complementares. Se você é um bom técnico, provavelmente precisará de um profissional com foco em negócios, por exemplo.

6. Valorize seu trabalho

Para entrar no mercado e conquistar os primeiros cases, alguns empreendedores realizam projetos sem custos, ou cobrando um valor muito inferior aos concorrentes. Evite seguir esse caminho, ainda mais no início do negócio. Quando iniciei fiz alguns projetos acreditando em uma grande parceira, já fazem 6 anos e continuo aguardando. O seu trabalho tem valor, se você não cobrar o que merece será difícil aumentar o preço depois. É claro que, em alguns casos, é possível fazer um “piloto” com o cliente, mas sempre defina regras e metas a serem atingidas.

7. Não demore para agir

Em muitos casos, ficar projetando detalhadamente o plano de negócios e cada etapa do empreendimento não é uma boa opção. Inicie um protótipo de forma mais simples, falhe rápido e aprenda com seus fracassos. Esse é o melhor plano de negócios que o mercado pode oferecer, principalmente se o seu produto está relacionado à inovação. Tudo muda de forma muito rápida e dinâmica, por isso coloque a mão na massa e não perca tempo.

* Cristiano Kanashiro é CEO e fundador da Kanamobi, empresa especializada em negócios mobile. Formado em publicidade e com mais de 17 anos de experiência no mercado de publicidade e mobilidade, Kanashiro já conquistou renomados clientes, como Pernambucanas, Hypermarcas e Ajinomoto do Brasil, para a Kanamobi.

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.