Direitos autorais: criadores do Nyan Cat e do Keyboard Cat processam Warner Bros

Por Redação | 03.05.2013 às 10:05
photo_camera Reprodução/Canaltech

Os criadores de dois dos mais conhecidos memes da Internet, Charles Schmidt, do Keyboard Cat, e Christopher Torres, do Nyan Cat, abriram processo no último dia 22 de abril contra os estúdios Warner Bros e 5th Cell Media, desenvolvedores do jogo Scribblenauts Unlimited, por quebra de patente e uso indevido das imagens, afirmou o Rocketboom.

Segundo Torres e Schmidt, os memes apareceram em diversas versões e em material de divulgação do game sem a autorização deles.

O processo afirma que os dois memes "são conhecidos e apreciados por dezenas de milhões de pessoas" e que "essa popularidade os torna extremamente valiosos para fins comerciais". Torres e Schmidt alegam ainda que, ao contrário da Warner e da 5th Cell Media, muitas outras empresas respeitam os direitos intelectuais de propriedade dos memes e pagam regularmente as taxas de licença para usá-los.

Os dois criadores dos memes afirmam que os danos já passam de US$ 75 mil (cerca de R$ 150 mil). O Rocketboom entrou em contato com um dos responsáveis pela popularização do Keyboard Cat no YouTube, Brad O'Farrel, mas ele não quis opinar sobre o caso.

No game Scribblenauts, o jogador controla o personagem Maxwell, que possui um caderno mágico capaz de trazer para a vida real tudo o que é escrito nele. Dentro do jogo, caso o usuário escreva "Nyan Cat" ou "Keyboard Cat" no caderno, versões dos memes são transportadas para o cenários do jogo, como mostrado na imagem abaixo.

nyan cat e keyboard cat

E você, o que acha? Os criadores estão certos de processarem os responsáveis pelo game?