Direitos autorais: criadores do Nyan Cat e do Keyboard Cat processam Warner Bros

Por Redação | 03 de Maio de 2013 às 10h05
photo_camera Reprodução/Canaltech

Os criadores de dois dos mais conhecidos memes da Internet, Charles Schmidt, do Keyboard Cat, e Christopher Torres, do Nyan Cat, abriram processo no último dia 22 de abril contra os estúdios Warner Bros e 5th Cell Media, desenvolvedores do jogo Scribblenauts Unlimited, por quebra de patente e uso indevido das imagens, afirmou o Rocketboom.

Segundo Torres e Schmidt, os memes apareceram em diversas versões e em material de divulgação do game sem a autorização deles.

O processo afirma que os dois memes "são conhecidos e apreciados por dezenas de milhões de pessoas" e que "essa popularidade os torna extremamente valiosos para fins comerciais". Torres e Schmidt alegam ainda que, ao contrário da Warner e da 5th Cell Media, muitas outras empresas respeitam os direitos intelectuais de propriedade dos memes e pagam regularmente as taxas de licença para usá-los.

Os dois criadores dos memes afirmam que os danos já passam de US$ 75 mil (cerca de R$ 150 mil). O Rocketboom entrou em contato com um dos responsáveis pela popularização do Keyboard Cat no YouTube, Brad O'Farrel, mas ele não quis opinar sobre o caso.

No game Scribblenauts, o jogador controla o personagem Maxwell, que possui um caderno mágico capaz de trazer para a vida real tudo o que é escrito nele. Dentro do jogo, caso o usuário escreva "Nyan Cat" ou "Keyboard Cat" no caderno, versões dos memes são transportadas para o cenários do jogo, como mostrado na imagem abaixo.

nyan cat e keyboard cat

E você, o que acha? Os criadores estão certos de processarem os responsáveis pelo game?

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.