IBM desenvolve portal para auxiliar na proteção da Amazônia

Por Redação | 15 de Setembro de 2014 às 10h13

A IBM está trabalhando em parceria com a The Nature Conservancy (TNC) para reforçar as medidas do governo brasileiro na preservação da Amazônia e na produção sustentável de alimentos.

O trabalho como um todo envolve uma equipe de dez especialistas da IBM que vieram dos Estados Unidos, Reino Unido, Austrália, Filipinas, Romênia e Japão para trabalhar em Belém, no Pará, juntamente com profissionais da TNC que estão na região. Os esforços, que possuem como objetivo aprimorar o Portal Ambiental Municipal (PAM), que apoia os esforços públicos contra o desmatamento ilegal, começaram no dia 22 de agosto e serão realizados até dia 20 de setembro.

O PAM é um portal de fácil utilização que contribui para o planejamento territorial das zonas rurais, além da redução do desmatamento. O projeto foi desenvolvido em 2011 pela TNC e, desde então, tem sido utilizado por cerca de 20 municípios na Amazônia.

Do ponto de vista dos produtores, o portal facilita a inserção de dados no Cadastro Ambiental Rural (CAR), que funciona como uma identidade ambiental das propriedades e se tornou obrigatório pelo governo neste ano para colocar em prática o Código Florestal. Quanto as prefeituras, elas utilizam o PAM para acessar dados sobre as florestas existentes em cada uma das propriedades privadas registradas no portal. Isso facilita o acompanhamento da situação ambiental das propriedades, bem como a identificação individualizada dos que desrespeitam a lei. Os dados fornecidos pelo PAM também auxiliam as autoridades a tomarem decisões sobre como expandir a atividade econômica local sem que haja prejuízo às áreas preservadas.

O TNC tem concentrado seus esforços onde os índices de desmatamento da Amazônia são maiores, como no norte do Mato Grosso e no sudeste do Pará. Nesta tarefa, o PAM tem trazido resultados positivos nos últimos anos, contribuindo para a conservação de áreas florestais nessas regiões. O município de São Félix do Xingu, no Pará, por exemplo, possui o maior rebanho bovino do Brasil e já foi o campeão nacional de desmatamento. Porém, com a utilização do PAM, juntamente com outras iniciativas, o TNC conseguiu reduzir em mais de 60% o desmatamento ilegal desde 2011 na cidade.

Como forma de melhorar a funcionalidade do portal e integrá-lo a outros dois programas desenvolvidos pelo governo, o Sicar e o Simlam, que possuem funções similares, a IBM e o TNC estão trabalhando no conhecimento em gestão, tecnologia dos programas e treinamento de funcionários para que eles possam trabalhar imersos nessa nova realidade.

“Vemos uma enorme oportunidade de expansão do PAM pelo país. Queremos que ele se torne uma ferramenta de gestão inteligente do território ainda mais acessível, porque isso é fundamental para que o Brasil conserve suas florestas e melhore sua produtividade no campo”, declarou Marcio Sztutman, gerente de conservação da Amazônia da TNC.

A Diretora de Cidadania Corporativa da IBM Brasil, Alcely Strutz Barroso, ressaltou a importância dos esforços em conjunto para a preservação da Amazônia. "Quando se trabalha em parceria, toda a sociedade ganha na medida em que surgem soluções inovadoras para apoiar políticas públicas", afirmou.

Instagram do Canaltech

Acompanhe nossos bastidores e fique por dentro das novidades que estão por vir no CT.