Correios testam carros elétricos para entrega de encomendas

Por Redação | 26.06.2014 às 08:52
photo_camera Divulgação

O maior serviço de entregas de correspondências do Brasil, os Correios, deve começar a testar na próxima semana carros elétricos para a entrega de encomendas. O diretor de vendas da Renault, Alexandre Oliveira, entregou dois veículos para o presidente dos Correios, Wagner Pinheiro de Oliveira.

De início, os carros serão testados em Brasília e Curitiba. Eles terão autonomia de até 150 quilômetros em cada recarga, o que é útil principalmente para entregas dentro da cidade. A montadora disponibilizou os carros para testes durante um período de quatro meses, com a possibilidade de prorrogação para doze meses.

O Sistema de Gestão Ambiental promovido pelos Correios tem como uma das ações previstas reduzir as emissões de gás carbônico. A inclusão de carros elétricos seria um grande avanço para efetivar de vez a ação. Além disso, os Correios acordaram, via International Post Corporation, a redução de 20% dos gases do efeito estufa até o ano de 2020.

Carro elétrico dos Correios

Com uma frota calculada de 25 mil veículos, a empresa brasileira também está se preparando para a chegada de mais de mil motos elétricas, que serão adquiridas entre este ano e o próximo. Visto que as motos já foram testadas em 2013, o processo de licitação deverá ser aberto em breve.

O veículo cedido pela Renault é o modelo furgão Kangoo ZE, lançado pela empresa em 2011 e que obtém o título de primeiro furgão 100% elétrico disponível no Brasil. Seu motor possui 60 cavalos, não emite poluentes ou ruído e tem as mesmas funções e volume de carga de um modelo convencional com motor movido a combustão.