vTime: conheça a primeira rede social em realidade virtual

Por Raphael Andrade RSS | em 03.04.2016 às 10h00

vTime

Você conversa muito com seus amigos que moram longe, seja por mensagem, chat de vídeo ou até mesmo telegrama? Já se esqueceu como é estar perto dos familiares que estão em outro país? E se existisse uma rede social que te teletransportasse para perto dos seus entes queridos em qualquer lugar do mundo? Bem, esta é a ideia da vTime.

A vTime é uma rede social bem diferente das outras que existem atualmente. A proposta do aplicativo é reunir os participantes em um ambiente virtual, onde o usuário poderá se encontrar "pessoalmente" com amigos e pessoas de todos os cantos do mundo.

A iniciativa é da Starship, empresa de realidade virtual da Inglaterra. Embora a vTime seja a primeira empreitada do grupo no campo de redes sociais, a companhia não é tão nova no mercado. Fundada em 2013, ela tem em seu portfólio o título de "Melhor Novo Estúdio", prêmio dado pelo International Develop Awards.

De acordo com o chefe de marketing da Starship, Julian Price, a vTime surgiu como consequência das pesquisas feitas pela empresa no campo de realidade virtual. No aplicativo, o usuário cria um avatar personalizado, escolhe um dos ambientes virtuais disponíveis no sistema (que vão desde paisagens paradisíacas, passando por pontos turísticos e chegando até a lua) e pronto, o participante será enviado para o local onde poderá se encontrar com amigos de várias partes do planeta e interagir com eles como se estivessem em uma festa ou reunião casual. 

vTime

Em questão de visual e interatividade, a vTime se parece muito com o Second Life, game no estilo The Sims que foi sucesso no começo dos anos 2000. Os usuários podem conversar entre si utilizando microfones, ao contrário do game, mas tudo que verão no visor do Gear VR/Cardboard será o avatar dos outros usuários em ambientes computadorizados, em aspecto muito similar ao jogo da Linden Lab.

A rede social funciona com o Google Cardboard e o Samsung Gear VR, necessários para uma experiência imersiva completa. No caso da solução do Google, é necessário que o interessado utilize um microfone e um dos smartphones compatíveis com o sistema.

Outros recursos comuns em redes sociais, como compartilhamento de status e imagens, também estão nos planos da vTime, que quer se assemelhar cada vez mais às redes sociais tradicionais. "Postagem de fotos, criação de eventos, posts de texto e vídeo, tudo isso está no nosso horizonte. Nosso próximo novo recurso será o compartilhamento de fotos, que será disponibilizado na plataforma muito em breve", afirma Price.

A vTime pode ser nova para você mas, segundo a companhia inglesa, o app já está fazendo sucesso ao redor do mundo. "Atualmente, nós temos mais de dez mil usuários em cerca de 150 países. A resposta que estamos tendo tem sido imensamente positiva. Ficamos muito felizes ao ler todos os comentários no Facebook, Oculus Store e Twitter elogiando o nosso sistema", conta o chefe de marketing.

Atualmente, a vTime está disponível gratuitamente apenas na Oculus Store (para o Gear VR) e na Google Play (para o Cardboard em dispositivos selecionados). Usuários de iOS não terão que esperar muito tempo para experimentar a rede social, revela Price. "A vTime estará disponível para Cardboard no iOS em um futuro próximo, assim como usuários de Oculus Rift e HTC Vive também poderão entrar no mundo da vTime em breve. Também está nos nossos planos lançar uma versão para o Playstation VR no final do ano." 

Assine nosso canal e saiba mais sobre tecnologia!
Leia a Seguir

Comentários

Newsletter Canaltech

Receba nossas notícias por e-mail e fique
por dentro do mundo da tecnologia!

Baixe já nosso app Fechar

Novidade

Extensão Canaltech

Agora você pode ficar por dentro de todas as notícias, vídeos e podcasts produzidos pelo Canaltech.

Receba notificações e pesquise em nosso site diretamente de sua barra de ferramentas.

Adicionar ao Chrome