17 possíveis tecnologias que podem revolucionar nossas vidas no futuro

Por Ruam Oliveira RSS | em 30.07.2016 às 10h25

Prevendo Futuro

Nossa relação com a tecnologia tem sido cada vez mais intensa e fluida no dia a dia. Ainda existem pessoas que não são – ou não se sentem - dependentes de smartphones, por exemplo, mas elas são minoria. Ainda mais com o advento dos dispositivos provenientes da “Internet das Coisas”, a tecnologia estará cada vez mais presente no cotidiano das pessoas, modificando e impondo comportamentos, gostos etc.

O site Tech insider perguntou para Ian Pearson, um futurista que tem recorde de 85% de aprovação em suas predições, quais as novas tecnologias que podemos esperar em 2050 e de que forma elas modificarão o jeito como vivemos.  Ele fez dezessete predições:

1 – Drones como método de entrega

Drones

Atualmente o maior problema para que os drones finalmente comecem a fazer entregas é a legislação, mas o futurista aponta que até 2018 eles serão usados para entregas em hospitais, por exemplo. No entanto, ele afirma que este tipo de serviço não será largamente utilizado para muitas tarefas, como entrega de pizzas, por exemplo. 

2 – Viagens com o Hyperloop serão possíveis

Hyperloop

Vimos que o Hyperloop One, o trem supersônico do Elon Musk, já está sendo produzido e testado nos Estados Unidos. Pearson afirma que daqui cinco ou seis anos poderemos ver este tipo de sistema funcionando para transportar pessoas entre as cidades. 

Parece que os filmes de ficção estão realmente começando a acontecer.

3 – O avanço da inteligência Artificial

Máquinas como as representadas no filme “Ex-Maquina” – com consciência própria – por exemplo, poderão ser uma realidade em 2025. O futurista explicou que é bastante factível que os computadores ganhem essa característica se não em 2025 ainda mais cedo, em 2020. 

“O Google DeepMind ainda não chegou lá, mas eu tenho certeza que ao longo do caminho, por volta de 2020, seus computadores se tornem super-humanos e acabem tendo consciência.”, ele disse. “Isso seria o começo do fim, literalmente”.

Medo.

4 – Naves espaciais para Marte

Enquanto pessoas já se preparam para uma viagem sem volta até Marte, Ian Pearson aponta que em 2030 viagens para o planeta vermelho já serão possíveis. Isso também é um bom sinal para o CEO da Tesla Elon Musk, que quer mandar pessoas para lá em 2024.

“Primeiro veremos algumas pessoas indo para Marte, depois robôs farão alguns materiais [no planeta]”, disse Pearson. 

5 – Próteses darão aos humanos novas habilidades

James Young

A produção de próteses ficará tão boa e avançada em dez anos que elas poderão realmente dar “novas habilidades” para as pessoas. Este ano, James Young, um jovem biólogo científico em Londres, de 25 apenas anos, acrescentou um drone à prótese de seu braço.

Então, daqui a uma década, Pearson afirma que as próteses estarão tão avançadas que as pessoas irão se sentir bastante confortáveis em unir tecnologia a seu próprio corpo. Ele deu um exemplo de que as pessoas podem escolher ter um implante cibernético que possibilite que suas pernas sejam mais fortes.

6 – Roupas com poderes super-humanos

Também em uma prospecção de 10 anos, o futurista diz conseguir ver que as roupas poderão dar novas características às pessoas, sugerindo que existirão calças do tipo leggings que tornarão os atos de correr ou andar mais fáceis. Outra sugestão deste visionário é que um traje parecido com o do homem aranha, com polímeros em gel que aumentem a força, seja criado por essa época. 

7 – Realidade Virtual vai substituir os livros didáticos

Realidade virtual

“Você pode levar os estudantes para um ambiente no passado e mostrá-los o que está acontecendo, como assistir a uma batalha”, disse Ian. Ele explica que será mais fácil explicar determinado assunto se o estudante estiver vendo ele acontecer do que apenas lendo no livro didático.

A Google já possui um aplicativo chamado “Google’s Expedition” que permite que estudantes visitem locais como a grande barreira de coral, com o uso de realidade virtual. O app está disponível em versão beta desde setembro do ano passado. 

8 -  Smartphones serão obsoletos

Sim, isto pode acontecer. Segundo Ian, por volta de 2025 os smartphones serão obsoletos e esta situação será influencia pelo uso da realidade aumentada. “Se for 2025 e tiver um smartphone, as pessoas irão rir de você”, disse Pearson. De acordo com ele, por essa época será possível implantar a realidade aumentada em pulseiras ou outras joias, tornando inexistente a necessidade de carregar um smartphone.  A empresa Magic Leap já trabalha para trazer a realidade aumentada para um ambiente mais mainstream.

9 – Em dez anos carros autônomos estarão por toda parte

“Se virão no formato de um carro, isso será discutido” disse Pearson. Ele descreveu algo como um sistema de compartilhamento de caronas em que as pessoas possam pedir que uma caixa de metal bem barata as leve para qualquer lugar. Ele diz que este tipo de transporte seria mais efetivo, com melhor custo do que um carro autônomo.

Seria o Uber do futuro?

10 – Casas construídas com impressoras 3D

(via GIPHY)

Se ele estiver certo é uma ideia muito boa. Alguns arquitetos pelo mundo já iniciaram projetos nesta mesma linha. Na China, uma empresa chamada Winsun afirmou ter construído 10 casas usando tecnologia 3D em apenas um dia – cada uma delas custando apenas US$5,000.

Há também o exemplo de um professor da Universidade da Carolina do Sul (USC) que está trabalhando em uma impressora 3D gigante que pode além de construir a casa, adicionar os encanamentos e a parte elétrica.

Ian Pearson afirma que esta habilidade será cada vez mais usual a medida que as cidades ficam mais e mais lotadas. 

11 – Robôs no serviço de casa

Por volta de 2030 os robôs poderão fazer parte do dia-a-dia de uma residência. “Entre inteligência artificial e robótica, nós teremos muitos assistentes tecnológicos”, disse. Ele também aponta que estes robôs funcionarão como companhia, visto que muitas pessoas morarão sozinhas nessa época. “Companhia é um dos primeiros objetivos dos robôs do futuro”. 

12 – Vai ser permitido viver na Matrix

Neo parando balas

Os avanços em nanotecnologia possibilitarão que nossos cérebros sejam plugados em computadores, nos permitindo viver em mundos simulados. 

“Você certamente poderá construir algo como a Matrix, se quiser (...) Por volta de 2045, 2050 será possível linkar os cérebros das pessoas de uma maneira tão forte que elas de fato pensarão estar vivendo em um mundo virtual”, afirmou. 

Ele comparou com o projeto de Elon Musk de criar um cordão neural, sistema que adiciona uma “camada de inteligência” aos cérebros. 

13 – Em 2045, as pessoas poderão ser cyborgues

Que perspectiva de futuro! Se entrar na “Matrix” já será possível em 2045, então tornar-se parte humano e parte máquina também será. Ian Pearson realmente acredita no cordão neural sugerido por Musk. 

No único impasse é que, de acordo com ele, ter esse tipo de tecnologia não será amplamente permitido pelos governos. Imagine super soldados com incríveis mentes avançadas prontamente disponíveis? Seria um terrível problema. 

14 – Controlar o ambiente da casa em 2040 usando inteligência artificial

Já vemos, com o Amazon Echo, por exemplo, um trecho do que será possível no futuro. Mas no futuro – ou por volta de 2040 – a inteligência artificial poderá ser construída diretamente nos edifícios e os moradores poderão conversar com eles, pedindo que regule a temperatura ou apague as luzes, por exemplo. 

“Inteligência Artificial será um grande serviço dentro das casas”, disse Pearson. 

É como se no futuro todos pudessem ter uma casa igual a do Tony Stark. 

15 – Os prédios funcionarão como cidades em 25 anos

Os altos prédios do futuro poderão conter praticamente tudo que é encontrado em uma cidade, desde locais de trabalho, até academias, espaços para estudo, áreas residenciais, etc. Tudo isso para acomodar o alto influxo de pessoas que vão se mudar para as cidades nas próximas décadas.

16 – Uso massivo de energias renováveis

Se durarmos até lá, por volta de 2050 Pearson diz que não será mais necessário o uso de combustíveis fósseis para carregar coisas que funcionam em contato com o chão, como casas e carros. Este tipo de combustível só será necessário em aviões. 

Melhorias nos cabos subaquáticos permitirão que alguns países utilizem energia solar de outros lugares, como do deserto do Sahara, por exemplo, algo que pode inclusive abastecer todo o país. A possibilidade de puxar energia solar de áreas onde o sol é mais incidente aumentará com o tempo nossa confiança em energia solar. 

“Estou otimista que por volta de 2030 seja possível ver grandes fazendas de energia solar sendo implantadas no Sahara”, disse Pearson. 

17 – Passeios para o espaço em 2050

Marte

Antes da alegria ser geral, este tipo de passei será algo factível sim, mas somente para os muito ricos. Ele disse que o turismo espacial será alavancado, e reforçou que projetos como o Space X e o Blue Origin são demonstrativos disso.

“Se a pessoa puder pagar 100 milhões pode passar uma semana em órbita (...) mas somente para pessoas muito ricas de 2050” Ele diz que não será uma coisa barata em nenhum momento próximo. 

Assine nosso canal e saiba mais sobre tecnologia!
Leia a Seguir

Comentários

Newsletter Canaltech

Receba nossas notícias por e-mail e fique
por dentro do mundo da tecnologia!

Baixe já nosso app Fechar

Novidade

Extensão Canaltech

Agora você pode ficar por dentro de todas as notícias, vídeos e podcasts produzidos pelo Canaltech.

Receba notificações e pesquise em nosso site diretamente de sua barra de ferramentas.

Adicionar ao Chrome