Batman vs Superman é o alicerce da DC no cinema

Por Gustavo Rodrigues RSS | em 17.03.2016 às 09h15

BatmanvsSuperman

Batman vs Superman: A Origem da Justiça é o alicerce que a Warner Bros precisa para levar o icônico universo da DC Comics para as telonas, tornando-se, assim, na grande aposta do estúdio para conduzir seus blockbusters nos próximos anos. Com personagens de enorme apelo na cultura pop e um orçamento de US$ 250 milhões, o diretor Zack Snyder tem em suas mãos a missão de agradar público e crítica da mesma forma que a Marvel fez ao criar o seu universo cinematográfico.

Mas o encontro do Homem-Morcego e do Filho de Krypton não é o primeiro longa da DC que faz parte desse universo de Zack Snyder. Ele mesmo dirigiu O Homem de Aço, lançado em 2013, com Henry Cavil estreando no manto do super-herói. A produção ainda tinha grandes nomes envolvidos nele, como David S. Goyer e Christopher Nolan, entretanto não teve uma bilheteria tão grande nos Estados Unidos - mesmo tendo alcançado US$ 668 milhões mundialmente, quantia que Deadpool ultrapassou com facilidade mesmo tendo recursos financeiros reduzidos.

A DC parecia perdida no tempo enquanto a Marvel lucrava todo ano com novos filmes e construía seu universo nas telonas. Praticamente um mês depois do lançamento de O Homem de Aço, a San Diego Comic Con teve o primeiro passo do que se tornaria um dos filmes mais aguardados de 2016. O vídeo abaixo mostra o quão impactante e simbólico foi o anúncio para os presentes no evento.

Além de ser o primeiro encontro dos três heróis mais importantes da DC Comics nas telonas - Batman, Superman e Mulher-Maravilha - o filme é o que dará o real tom ao que a Warner Bros planeja com tais personagens num universo compartilhado, mesmo que Snyder mantenha o estilo de imagens mais escurecidas, doses muito raras de humor e clima mais tenso e preso ao realismo. 

Como o próprio longa deve abordar, este é o primeiro encaminhamento para a união da Liga da Justiça, que já está em produção e estreia sua primeira parte em novembro de 2017, com a segunda chegando em junho de 2019. A partir dele, a Warner terá uma resposta do público para a Mulher-Maravilha interpretada por Gal Gadot, que foi crucificada quando escolhida para o papel, e já está com as gravações do próprio filme em andamento; apresentar um Aquaman com o perfil mais selvagem do Jason Momoa; introduzir um Barry Allen (Ezra Miller) que difira do que aparece na televisão (Grant Gustin), etc.

Mulher-Maravilha

Mesmo com todas as novidades e dificuldades que possam existir, Batman vs Superman: A Origem da Justiça com certeza será um sucesso em bilheteria, afinal já tem vendido muitos ingressos e é o típico blockbuster que gera buzz suficiente para levar o grande público às sessões. O mais complexo será agradar aos fãs mais fervorosos e a crítica, algo que aconteceu com O Homem de Aço.   

A Warner Bros aposta pesado no universo cinematográfico da DC Comics, afinal o mundo mágico de Harry Potter não tende a ser uma franquia tão forte no cinema sem o trio Harry, Rony e Hermione. O sucesso garantiria os planos dos últimos anos formando um futuro positivo nas produções super-heroicas do estúdio, mas ser mal visto pelos fãs e crítica poderia gerar mais obstáculos nos longas agendados e colocar mais pressão no filme do Esquadrão Suicida. Zack Snyder praticamente garantiu a grana que os engravatados querem ver para os seus investimentos, mas resta saber se ele é um bom arquiteto para estruturar a Liga da Justiça.

Assine nosso canal e saiba mais sobre tecnologia!
Leia a Seguir

Comentários

Newsletter Canaltech

Receba nossas notícias por e-mail e fique
por dentro do mundo da tecnologia!

Baixe já nosso app Fechar

Novidade

Extensão Canaltech

Agora você pode ficar por dentro de todas as notícias, vídeos e podcasts produzidos pelo Canaltech.

Receba notificações e pesquise em nosso site diretamente de sua barra de ferramentas.

Adicionar ao Chrome